Geral

Após ordem de serviço, moradores da Cirilo Vieira Ramos reivindicam o início das obras

Published

em

Obras na Rua Cirilo Vieira Ramos devem começar nesta segunda-feira (27) - Fotos: Marcela Ramos

No dia 23 de dezembro de 2019, o prefeito de Lages,  Antonio Ceron, entregou a ordem de serviço para o início das obras de asfaltamento da Rua Cirilo Vieira Ramos, nos bairros Vila Nova, Caça e Tiro e Bom Jesus. Porém, após um mês, os moradores que aguardam a melhoria há mais de 40 anos, não notaram nenhuma movimentação de obras na via, o que gerou manifestações, especialmente, nas redes sociais. 

A reportagem do CL foi até a rua para conversar com os moradores e também entrou em contato com a Prefeitura de Lages e a Secretária de Planejamento e Obras (SPO) para entender o que está acontecendo. 

Artulino Munzfelt, de 89 anos, é dono de um estabelecimento comercial na rua, a Mercearia Kiki, que é uma das mais antigas do local, no Bairro Bom Jesus. Está no mesmo endereço com a família desde a década de 1970. Por ter problemas respiratórios, a poeira provocada pelos veículos que passam por ali constantemente, não contribui muito para a saúde do comerciante. Além disso, ele afirma que depois que foi colocado calçamento na rua, nunca mais foi revitalizada.

Seu Artulino Munzfelt, está desde a década de 1970 morando na Rua Cirilo Vieira Ramos com sua família, e pede a revitalização da via

A filha Marli da Silva tem sua residência ao lado da casa do pai e reforça que a poeira é insuportável. “Faz 52 anos que moro aqui, nasci e me criei nesta rua, e nunca vi uma reforma. É muita poeira. Não dá nem para abrir a casa. O prefeito esteve aqui faz um mês e nada foi feito até agora”, comenta. 

O jovem Alan Jones Stupp, que trabalha em um salão de beleza naquela rua, diz que “a Rua está um lixo, faz sete anos que moro aqui, e é sempre a mesma história. A rua cheia de buracos, não tem sinalização, não tem lombadas. Os carros passam voando, ninguém respeita, é um caos”.

O jovem Alan Jones, mora há sete anos Rua Cirilo Vieira Ramos, e reclama da falta de sinalização e a quantidade de buracos

Júlio César de Souza, de 54 anos, que estava voltando do mercado a pé, afirmou que poucas coisas foram feitas pela rua. “Faz 15 anos que moro aqui, e está sem condições de tráfego, as calçadas estão acabadas, e a rua também. É uma vergonha para Lages”, exclamou.  

Há 30 anos que seu Claudinei Beranger, de 76 anos, mora logo no início da rua, próximo  o Colégio Industrial. “Nesses 30 anos, nunca vi uma reforma na rua. Quando os canos estouram, fazem um remendo meia-boca. É a pior rua de Lages, os ônibus quase quebram quando passam aqui. É um descaso!” 

Há 30 anos que seu Claudinei mora na Rua Cirilo Vieira Ramos, e para ele a situação da rua é uma vergonha para Lages

Sobre a Rua

Com 1.510 metros de extensão, a Rua Cirilo Vieira Ramos conta com uma Unidade Basica de Saude, estabelecimentos comerciais, como padarias, salões de beleza, condominios e também é o trajeto principal do ônibus de transporte coletivo. 

Além disso, a mesma via dá acesso a quatro bairros de Lages: Vila Nova, Bom Jesus, Habitação e Caça e Tiro. 

Dos 1.510 metros de paralelepípedo, ela possui mais 1.200 metros que foram revitalizados e entregues em junho de 2014. Falta, agora, a revitalização da parte de paralelepípedo que passa pelos Bairros Bom Jesus e Vila Nova. 

O que diz a prefeitura

Conforme a assessoria de imprensa da Prefeitura de Lages, os trabalhos de revitalização da Cirilo Vieira Ramos já começaram, pois desde o início do mês as equipes da Secretaria de Planejamento e Obras, e da Semasa estão definindo detalhes técnicos em relação ao saneamento básico. Além disso, é que as empresas que alugam as máquinas para a prefeitura executar a obra estavam de férias coletivas e retornam aos trabalhos apenas na segunda-feira (20). 

Segundo a Secretaria de Planejamento e Obras, a prefeitura voltou de recesso há duas semanas e meia e, imediatamente, iniciou o processo para a instalação do canteiro de obras. 

Como será a execução da obra da Cirilo

A obra que será executada através do Programa Minha Rua Melhor segue os padrões do projeto implantado em algumas vias da cidade como: calçada com extensão de 2.900 metros em concreto e de piso podotátil direcional e alerta; sinalização de trânsito e novo sistema de iluminação em LED; novos abrigos de ônibus e drenagem pluvial. O investimento será de R$ R$ 2.999.156,23.

Devido à longa extensão, a rua apresenta dois tipos de largura ao longo da pista: um trecho com oito metros e o outro com nove metros.  

A execução da pavimentação da Rua Cirilo Vieira Ramos está dividida em dois lotes. As obras terão início pelo trecho que compreende a Rua Padre Diogo Feijó (subida para a britagem) até a Avenida Paulo Heiden (ponte do Caça e Tiro).

Naquele trecho, antigamente, existiam madeireiras, o que se transformou em um grande depósito de serragem a céu aberto, deixando o chamado solo mole, classificado pela engenharia como inservível. “Para se alcançar o ponto máximo de resistência do solo, houve a necessidade da realização de 57 medições pela aplicação do método de Viga Benkelman, cujo resultado ideal deve ser inferior a 100. Naquele trecho, apenas cinco pontos apresentaram este índice, os demais variaram entre 254 e 458 deflexões, que é a capacidade de movimento do terreno conforme a carga de força que recebe. Será necessária a realização de dois metros de escavação para a substituição do solo”, informa o engenheiro da Secretaria de Obras e Planejamento, Wilson Besen.

O prazo de execução da obra é de oito meses e será realizada com a equipe da prefeitura. O conjunto da obra prevê serviços de terraplanagem, drenagem e obras correntes, pavimentação, revitalização urbanística, e obras complementares.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com