Conecte-se a nós

Geral

2ª Região de Lages tem comandante titular

Published

on

Foto: Bega Godóy

A formatura de Assunção do comandante da 2ª Região de Polícia Militar do Tenente Coronel Moacir Gomes Ribeiro aconteceu nesta tarde (27), no 6º  Batalhão de Polícia Militar. no Bairro São Cristóvão. A 2ª Região compreende o Batalhão de Lages e de Canoinhas, as Guarnições de Curitibanos e de Mafra abrangendo 39 municípios.  A solenidade contou com a presença de autoridades. Até então quem respondia interinamente pela 2ª Região era  o comandante coronel Newton Fernando Ayres dos Anjos.

Comentários
Compartilhe

Geral

Menina de 9 anos é atropelada na Papa João XXIII

Published

on

Fotos: Bega Godóy

Uma menina de 9 anos foi atropelada na faixa de pedestre na Avenida Papa João XXIII no final da tarde desta quinta-feira (24). Conforme a testemunha, Adenir de Souza, a garota estava sozinha e saia da escola Frei Nicodemos e andava na faixa de pedestre, quando um ônibus azul e branco a atropelou.

“Provavelmente um ônibus de Prefeitura. Só vi as cores. A menina bateu na porta da frente, com a cabeça do lado esquerdo e caiu.  O motorista nem viu, pois não parou”, explica o cortador de gramas que passava pelo local na hora do acidente.

O ônibus seguia sentido Bairro Petrópolis e o acidente ocorreu em frente à Secretaria de Educação Municipal de Lages. A criança foi socorrida pelo Samu que fez os primeiros procedimentos e segundo informações de populares o caso dela é grave, pois bateu com a cabeça. A Policial Militar deu suporte ao Samu e a menina foi conduzida ao Hospital Infantil Seara do Bem

Acidente ocorreu em frente a Secretaria de Educação Municipal de Lages

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Geral

Greve atinge vários setores do país

Published

on

Greve dos caminhoneiros está maior a cada dia. Foto: Susana Küster

O anúncio da Petrobras de que na quarta-feira (23) o preço da gasolina cairá 2,08% e o do diesel, 1,54%, nas refinarias, não fez com que os caminhoneiros parassem a greve. Até porque, esta queda é nas refinarias e não se sabe quanto cada posto vai baixar. A redução dos preços foi tomada em função da queda do dólar e não devido à greve, que é maior a cada dia. Ontem, rodovias de 20 Estados do país já tinham pontos com manifestações e os profissionais dizem que vão voltar ao trabalho, somente quando o preço do combustível baixar consideravelmente.

Com dois dias de greve, os reflexos são sentidos em vários setores. Em Lages, a distribuidora Liquigás está sem gás industrial e tem gás de cozinha para mais dois dias. “Temos um estoque bom, mas está acabando”, avalia o funcionário, Waldir Schwald Araújo.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) emitiu um comunicado sobre o risco de falta de produtos para o consumidor brasileiro. Segundo a associação, há unidades produtoras com turnos de abate suspensos e há risco de animais morrerem por falta de alimento. Há também chance de contratos de exportação serem perdidos.

O setor automobilístico também já teve reflexo. Quatro linhas de produção da GM e Ford pararam, uma no Rio Grande do Sul, duas em São Paulo e outra na Bahia.  A administradora do Aeroporto de Brasília, Inframerica, informou ontem, que os caminhões com combustíveis para os aviões enfrentam dificuldades para chegar ao aeroporto, devido a greve dos caminhoneiros.

 

Situação em Lages

A maioria dos caminhões que passam pela BR-116, no município, param. Caminhoneiros estão no trevo que fica entre as BRs 116 e 282 para sinalizar aos colegas sobre o ponto da greve. O pátio do posto Ampessan estava lotado ontem de tarde e os veículos estavam sendo estacionados em terrenos ao redor. Uma imagem aérea mostra que mais de 100 caminhões estavam parados na tarde de terça-feira (22).

Segundo o diretor regional da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística, Jorge Flores de Oliveira, a redução do valor de combustível até agora foi pequena, diante de tantos aumentos nas últimas semanas. “Só vamos voltar ao trabalho, quando baixar muito”.

 

Apoio

Na greve dos caminhoneiros, em Lages, haviam também topics do transporte escolar. O vice-presidente da Associação do Transporte Escolar de Lages, Andrigo Souza, diz que apesar dos motoristas não pararem a atividade, nos horários de folga, vão para a manifestação. “Cerca de 35% do nosso faturamento vai para pagar combustível, não temos como repassar mais de uma vez por ano os reajustes para nossos clientes”. O objetivo é que hoje, em média, 30 motoristas de topic participem da greve.

 

Aurora alimentos suspende a produção

A Cooperativa Central Aurora Alimentos comunica que, em consequência da greve que atinge o setor de transportes nas regiões onde estão instaladas as suas unidades produtivas, paralisará totalmente as atividades das indústrias de processamento de aves e suínos em Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul (inicialmente) nesta quinta e sexta-feira, dias 24 e 25 de maio de 2018.

Nota da empresa afirma que a suspensão total das atividades tornou-se imperativa e inevitável em razão dos efeitos do movimento grevista que impede a passagem dos caminhões que transportam todos os insumos necessários ao funcionamento das indústrias e, também, o escoamento dos produtos acabados para os portos e os centros de consumo. A capacidade de estocagem de produtos frigorificados – de 50 mil toneladas – está exaurida.

 

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Geral

Lages recebe evento de médicos veterinários e zootecnistas

Published

on

Por

Na quinta-feira (24) será realizado no CAV/UDESC, em Lages, o Seminário de Responsabilidade Técnica promovido pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina. O evento é gratuito e a participação é obrigatória para Médicos Veterinários e Zootecnistas que atuam como Responsáveis Técnicos. O evento será no auditório Caverna, localizado na Avenida Luiz de Camões, 2090, Conta Dinheiro.

O responsável técnico é um fiscal do consumidor. Médicos Veterinários e Zootecnistas que atuam nesta área trabalham para garantir a qualidade dos produtos e serviços produzidos ou prestados pelas empresas registradas no Conselho. “O profissional desta área assume uma imensa responsabilidade, pois eventuais danos que possam ocorrer ao consumidor decorrente de sua conduta profissional resultam em consequências graves, de cunho civil e penal”, alerta o presidente veterinário Marcos Vinícius de Oliveira Neves. Por isso o Conselho realiza anualmente em todas as regiões do Estado os Seminários, promovendo capacitação e atualização dos 1.800 profissionais que atuam nesta área em Santa Catarina.

Os seminários são divididos em duas etapas. O Módulo Básico, a partir das 14h, para quem está começando na profissão e o Módulo Avançado, a partir das 18h, com participação obrigatória a cada dois anos. O seminário é aberto para estudantes dos cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia e demais profissionais da área que não atuam como responsáveis técnicos. Participantes deverão levar três quilos de alimento não perecível que serão doados para instituições sociais locais. Inscrições abertas e mais informações no site www.crmvsc.org.br.

 

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©