Economia e Negócios

Vendas de veículos novos cresce no País

Published

em

Lages tem uma frota de 115.654 mil veículos, segundo o Detran de Santa Catarina - Foto: Patrícia Vieira

O ano de 2019 foi positivo para o setor de automóveis. No Brasil, houve uma elevação de 10,48% nos licenciamentos de carros 0Km em relação ao ano de  2018. A expectativa para 2020 é que o número seja superado. A projeção é de alta de 9,67% em relação ao ano passado segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Em Lages, de acordo com o gerente geral da AutoShow GM Lages, Marlus Koche, o mercado está em expansão. Para se ter ideia, na concessionária Chevrolet foram comercializados 650 veículos 0Km no ano passado, número considerado bom pelo porte da cidade. 

Marlus pontua que trabalha com a marca líder de mercado brasileiro há cinco anos, representada pelo Ônix, o carro mais vendido do Brasil, e que  os consumidores estão investindo mais em carros novos.

“Esse crescimento está constatado. A postura do consumidor mudou. Hoje, tem-se uma demanda maior por carros 0Km. O consumidor busca por automóveis mais completos, como ar-condicionado, direção elétrica, vidro elétrico, trava e alarme”, afirma Marlus, comentando que o mercado é feito de altas e baixas. “Este ano, o ciclo é positivo”, finaliza. 

Atualmente, a frota de Lages soma 115.858 mil veículos, sendo a maioria carros, segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito de Santa Catarina (Detran/SC). 

Na região do Planalto Catarinense foi registrado acréscimo de 6,08 % em relação ao ano anterior. De janeiro a dezembro, foram emplacados 7.747 novas unidades contra 7.303 de 2018, somando todos os segmentos de automóveis, caminhões, motocicletas, entre outros. Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Santa Catarina (Fenabrave-SC). 

Ainda de acordo com a Fenabrave-SC, os municípios que fazem parte das regiões nos dados de mercado incluem os 18 municípios da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures) mais Brunópolis, Campos Novos, Celso Ramos, Curitibanos e Frei Rogério, Ponte Alta do Norte, Santa Cecilia, Sao Cristovao do Sul, Vargem e Zortéa. 

Santa Catarina teve aumento de 7,56 %

Em Santa Catarina, em 2019, foram vendidos 146,1 mil veículos, somando-se carros, comerciais leves, caminhões e ônibus entre outros. Em 2018, esse número havia sido de 138,9 mil, ou seja, um acréscimo de  7,56%.

No ano passado, caminhões foi o segmento que mais se destacou no Estado, com alta de 34,7% em relação a 2018. O segmento de ônibus também teve um bom resultado, fechando com 28,5%, nas vendas. Os automóveis tiveram acréscimo de apenas 2,2% ao ano.

Considerando todos os segmentos, incluindo motocicletas e outras categorias como implementos, o crescimento nos emplacamentos feitos em Santa Catarina foi de 7,56%. Esse total saltou de 186 mil em 2018 para 200 mil em 2019.

Mesmo assim, as vendas de veículos 0Km fecharam o ano abaixo da média nacional. No Brasil, as vendas aumentaram 8,65%, chegando ao total de 2,78 milhões de veículos vendidos. O setor de caminhões e ônibus também tiveram uma alta de 30%. Atualmente, Santa Catarina conta com uma frota de 5,2 milhões de veículos, sendo a maioria automóveis.

Crescimento no País

O crescimento de 10,48% no Brasil ficou dentro do esperado, pois a projeção era de 11,15%. De acordo com presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, a redução da taxa de juros, a manutenção do índice de inadimplência dentro dos parâmetros aceitáveis, influenciaram, diretamente, no resultado do ano.

“Iniciamos 2019 com boas perspectivas para o setor e, mês a mês, observamos a consolidação da recuperação das vendas. Esse desempenho positivo se deve a alguns fatores econômicos, como taxa de juros menores e à queda nos índices de inadimplência e de desemprego, o que refletiu, diretamente, no aumento da confiança do consumidor e, também, do empresário brasileiro. Esse cenário impulsionou a oferta de crédito, o que deve continuar em 2020. Por isso, confiamos em um novo ciclo de crescimento, ainda que moderado”, argumentou.

Projeção para 2020

Com a expectativa de crescimento do PIB, estabilidade econômica, que devem gerar mais empregos e crédito à população, a Fenabrave acredita em um novo ciclo de crescimento das vendas de veículos para 2020, e projeta alta de 9,67% para o setor, em geral, sobre os resultados obtidos em 2019, devendo ultrapassar 4,3 milhões de unidades.

 

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com