Geral

Terraplanagem deve iniciar até o mês de março

Published

em

Foto: Toninho Vieira/ Prefeitura de Lages/ Divulgação

A terraplenagem do terreno destinado à instalação da empresa Berneck deve se iniciar em março e o barracão principal estará concluído até o final de 2019. A previsão dessas etapas foram divulgadas pelo diretor-presidente da empresa, Gilson Berneck, que na quarta-feira(19) supervisionou a retirada de madeira e analisou as condições da área, às margens da BR-116, em Lages.  

Além de outros técnicos, a vistoria contou com as presenças do prefeito Antonio Ceron; secretário de Planejamento, Clayton Botoluzzi e o procurador-geral do município, Agnelo Miranda. A necessidade de se verificar a demanda de adequações no terreno, motivou a visita.

O próximo passo para a implantação da Berneck será a contratação de empresa para executar a terraplenagem. A preferência é por empresas locais, mas a contratada terá que cumprir o cronograma em três ou quatro meses. O planejamento lançar o edital de terraplanagem no mês que vem e, no mais tardar, em março as máquinas devem ser vistas em movimento.

O barracão principal deve estar pronto até o final de 2019, período de chegada dos primeiros equipamentos. Depois serão necessários oito meses para montagem. No final de 2020, com quase 100% concluído, a empresa entrará parcialmente em operação.

Até o final desta semana será encerrada a compra de 80% do maquinário. Os equipamentos da fábrica de painéis são de origem da Alemanha, Suíça, Finlândia e Itália. Na serraria, as máquinas são provenientes do Canadá, Áustria e Alemanha.

A caldeira, considerada o coração da empresa, virá do mercado nacional, o primeiro negócio fechado depois de dois anos de estudo, confeccionada na Caldema, em Sertãozinho, interior de São Paulo. Este dispositivo irá gerar 30 megawatts de energia.

Segue e remoção de árvores

A empresa FRP Florestal (Ponte Alta do Norte) mantém o trabalho de corte raso e retirada dos pinus (pinheirinho americano) e a Kim Logística e Transporte Rodoviário, de Santa Cecília, está fazendo o transporte das árvores com caminhões bitrem até a indústria de Curitibanos, à margem da BR-470, onde o elemento serve como matéria-prima para a produção de painéis em MDF e serrados. Entre 50 e 60 caminhões entram e saem do reflorestamento diariamente, o que significa em torno de 30 caminhões por rodada. Cada carga de bitrem é de 40 toneladas.

“A Berneck já se sente em casa em Lages, onde fomos bem acolhidos e esta é a minha primeira visita sem as árvores, o que dá uma noção melhor do terreno. Então percebemos que está melhor do que pensávamos. É um terreno alto e a localização é fantástica, ao Sul de Lages e ao Norte do Rio Grande do Sul. A intenção é receber madeira também desta região”, Gilson Berneck.

“Esta é praticamente a primeira visita da equipe da empresa ao terreno, agora já todo de posse da Berneck e os trabalhos de retirada dos pinheiros estão em continuidade. Matéria-prima tem em abundância e mão de obra qualificada, com aperfeiçoamentos. Centenas de famílias serão beneficiadas”, Antonio Ceron.

A empresa em Lages

  • 500 mil metros cúbicos de MDF/ano;
  • 70% da produção será destinada ao mercado interno;
  • 30 megawatts é a capacidade da unidade de co-geração
  • 800 milhões de Reais em investimentos;
  • 550 empregos diretos
clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com