Segurança

Suspeito de pedofilia é preso em Lages

Published

em

Policiais recolheram farto material pornográfico infantil - Foto: PC/Divulgação

Um homem foi preso em flagrante, na tarde desta quinta-feira (13), por suspeita de prática de crime de pedofilia, em Lages. Na casa dele, no Bairro São Cristóvão foi encontrado farto material de pornografia infantil (vídeos e imagens)  no computador e em seus celulares. O suspeito foi conduzido ao Presídio Regional de Lages.

Policiais civis de Grão-Pará chegaram até o criminoso após receber denúncia de que uma criança de 10 anos, daquele município, foi induzida por um pedófilo a enviar imagens nuas por aplicativos de conversas e redes sociais. A Polícia Civil identificou o suspeito e cumpriu o mandado de busca e apreensão na residência, confirmando os fatos.

Para realizar os trabalhos a Polícia Civil de Grão-Pará pediu apoio dos policiais de Lages, Braço do Norte, Rio Fortuna e do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Lages.

Crime hediondo

Desde 2014, a pedofilia é considerada crime hediondo (exploração sexual ou favorecimento à prostituição de crianças, adolescentes e vulneráveis).

O cumprimento das penas respeita o que é previsto no caso da prática de crime hediondo (assim como  o latrocínio, homicídio, estupro e o estupro de vulnerável) com o início da pena no regime fechado e com progressão para o semiaberto (que permite trabalho fora da prisão), somente após o cumprimento de, ao menos, 2/5 da pena (ou de 3/5, se for reincidente), e não 1/6, como nos demais crimes.

Quem comete o crime não tem direito a anistia, graça ou indulto, nem ao pagamento de fiança. A pena precisa começar a ser cumprida em regime fechado.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com