Conecte-se a nós

Notícias

Suspeito de agredir mulher no Sagrado ainda não foi identificado

Published

em

Mulher não precisou de atendimento hospitalar - Foto: Bega Godóy

Katia Fernandes caminhava pelo terreno, fundos do Supermercado Big, quando foi surpreendida por um homem. Ele colocou a mão no ombro dela e quando ela virou, o suspeito que tinha uma faca obrigou-a a pegar na arma e com a ajuda dele girar contra o seio esquerdo da mulher. Ele disse, segundo a dona de casa que não iria matá-la e que era apenas um aviso para o marido e o irmão gêmeo dela. Da próxima seria para matar.

Esses foram os momentos mais difíceis da vida de Kátia Fernandes,de 38 anos, que implorou para ficar viva. “Não me mate. Não te conheço. Não te fiz nada. Tenho família e filhos”, conta.  Ela não poderia mesmo reconhecer o agressor, pois ele usava balaclava, mas garante que se ouvir a voz consegue identificá-lo. Ele colocou a faca de cozinha (serra) na bolsa dela e saiu correndo.

A vítima que teve ferimentos leves estava se dirigindo  à casa da irmã na Rua da Paz, no Bairro Sagrado Coração de Jesus, chamou a Polícia Militar, que por sua vez, contou com a ajuda do Helicóptero da Polícia Militar Águia 4. Rondas foram feitas por céu e terra, mas o suspeito não foi localizado.

A mulher, mora no Bairro Conta Dinheiro e não soube dizer a motivação do ataque, porém estava apavorada e chorava muito. “Sempre faço esse caminho para visitar os parentes. Acho que ele estava cuidando e esperando uma oportunidade para agir”, argumenta.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: