Coronavírus

Sexta-Feira Santa, em Lages, terá celebração inter-religiosa

Published

em

Ramos são distribuídos ao fiéis, no largo da Catedral Diocesana, na tarde de sexta-feira (3) Foto: Adecir Morais

A Diocese de Lages está realizando os últimos ajustes na programação da Semana Santa, que se inicia neste domingo e marca a morte e Ressurreição de Jesus Cristo. As celebrações serão feitas sem público por causa de medidas de restrições de prevenção à Covid-19. A novidade da programação será uma celebração inter-religiosa, não presencial, envolvendo diversas organizações religiosas. O ato vai acontecer na Sexta-Feira Santa.

A largada da Semana Santa será neste domingo (5), com a Missa de Domingo de Ramos, que representa a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém. Para facilitar a vida dos fiéis e até mesmo por conta das medidas de prevenção ao novo coronavírus, que restringem o deslocamento das pessoas, foram distribuídos ramos, ontem à tarde, no Centro de Lages, numa ação que contou com a parceria da Secretaria de Meio Ambiente.

O bispo da Diocese de Lages, dom Guilherme Antônio Werlang, sustentou que a distribuição de ramos teve por objetivo facilitar a vida das pessoas, pois “muita gente da cidade não tem onde tirar ramos”. A missa com a benção dos ramos será celebrada na Catedral Diocesana, a partir das 9 horas deste domingo, pelo bispo Dom Guilherme. Os fiéis poderão acompanhar a celebração pelo rádio e redes sociais. A Rádio Clube é parceira na ação e vai transmitir o evento. Ao longo do dia, haverá missas em outras paróquias da diocese.

Na Quinta Feira Santa, todas as igrejas vão realizar as celebrações fechadas a partir das 19 horas, mas os fiéis poderão acompanhá-las pela internet, através redes sociais. Cada igreja será responsável pela divulgação dos conteúdos. Não haverá a celebração de lava-pés, conforme o bispo.

Oração para a humanidade

Já na Sexta-feira Santa acontecerá a celebração da Paixão de Jesus Cristo, com eventos em todas as igrejas da diocese. Não haverá a tradicional procissão e celebração no Morro da Cruz. Já no sábado, acontece a celebração da ressurreição de Jesus em todas as igrejas, a partir das 18 horas.

Um dos pontos altos da Semana Santa será na Sexta-Feira Santa. Neste dia, ocorrerá uma celebração inter-religiosa, das 9h às 12h, envolvendo vários segmentos religiosos. O ato será transmitido pela Rádio Clube e vai agregar representantes de entidades cristãs, de religiões africanas, da igreja islâmica, entre outras.

De acordo com o bispo, a intenção é dar espaço para todas as organizações religiosas de Lages, de diferentes crenças e religiões. A celebração não presencial contará com preces de representantes das organizações, músicas religiosas, dentre outros atos, tudo em favor da humanidade.

“Pretendemos fazer uma oração para a humanidade neste momento difícil de crise de coronavírus, implorando misericórdia de Deus neste momento tão difícil. Que Deus nos envie luz para encontrarmos o caminho de superação com o menor sofrimento”, finalizou o bispo.

Acesso ao Morro Grande será restrito

Em meio à crise do coronavírus, a orientação do Ministério da Saúde e do Governo do Estado é para que as pessoas evitem aglomerações por causa do risco de propagação da doença. Por conta disso, os eventos no Morro da Cruz, em Lages, na Sexta Feira Santa, foram cancelados. O acesso do público ao local também deverá ter restrições neste dia.

Na sexta-feira (3), o comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar (6º BPM) de Lages, tenente-coronel Fabiano da Silva, disse que a corporação está aguardando orientações do governo para saber como os policiais vão agir para evitar aglomerações no morro, na Sexta Feira Santa. 

“Ainda está valendo o último decreto do governo. Estamos vivendo um período de exceção, e vamos aguardar orientações do Governo do Estado e se precisar, vamos tomar todas as medidas necessárias para evitar as aglomerações”, disse o oficial.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com