Notícias

Serra Catarinense: Previsão de frio intenso movimenta a rede hoteleira

Published

em

Foto: Wagner Urbano/Divulgação

As baixas temperaturas que atingem a Serra Catarinense devem aquecer a economia da região, favorecendo, principalmente, o setor turístico. Atraídos pela chance de neve, milhares de turistas devem lotar os hotéis e pousadas neste fim de semana. Ontem, as vagas em alguns municípios já estavam esgotadas. 

A Serra Catarinense oferece cerca de 7 mil leitos, incluindo vagas em hotéis, pousadas e hospedagens alternativas. Lages é o município que oferece o maior número de vagas (cerca de 3,3 mil), seguido de Urubici, com 2,8 mil leitos.

A expectativa é de que São Joaquim, Urupema, Bom Jardim da Serra e Urubici, onde o frio deve ser mais intenso, sejam os mais procuradas. De acordo a secretária-executiva do Conselho de Turismo da Serra, Ana Vieira, ontem, a rede hoteleira destes municípios já estavam com 100% de lotação.

Diante da alta procura nos municípios em que as temperaturas devem ser mais baixas, outras cidades da região estão recebendo visitantes. Há registro de hospedagem em Capão Alto, Bom Retiro e Bocaina do Sul. 

O frio intenso é a senha para os visitantes “invadirem” a Serra. “Quando tem previsão de neve, a notícia se espalha e a região lota, impactando os setores de hospedagem, alimentação, lazer e agências de transporte”, destaca Ana, que também exerce o cargo de assessora de Turismo da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures).

O Boqueirão Hotel Fazenda, em Lages, que oferece vários atrativos, está com 100% de sua capacidade de hospedagem esgotada. Conforme o coordenador de reservas do estabelecimento, Eber Maciel Soares, as vagas estão ocupadas desde o início da semana. “Temos, aqui, turistas de várias partes do Brasil”, diz.

Previsão

De acordo a Defesa Civil de santa Catarina, o frio ganha força nesta sexta-feira (5), com a possibilidade de neve nas partes mais altas do estado entre a tarde e amanhecer de sábado. A sensação térmica fica entre 2°C a 6°C negativos em grande parte do estado, podendo chegar até 8°C abaixo de zero em áreas mais elevadas da Serra. Nas rodovias serranas, as condições são favoráveis para formação de gelo na pista, principalmente na sexta e sábado, nas horas mais frias do dia, por isso, o motorista deve redobrar  a atenção.

Além disso, para quem for subir a serra, o importante é não esquecer de colocar um aditivo anticongelante no radiador do carro. E os turistas que pensam em dormir no carro para ver o frio, deve ficar alerta para o risco de hipotermia. Por este motivo, a orientação é para que a pessoa esteja bem agasalhada.

 

clique para comentar

Deixe uma resposta