Notícias

Seminário de Assistência Técnica e Gerencial em Ovinocultura de Corte

Published

em

Foto: Divulgação

Na sexta-feira (23) o município de Lages, na Serra Catarinense, recebe o Seminário de Assistência Técnica e Gerencial de Ovinocultura de Corte em conjunto com o 19º Encontro Estadual da Ovinocultura. A iniciativa é do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) em parceria com a Associação Catarinense de Criadores de Ovinos. O evento iniciará às 9 horas, no Parque de Exposições Conta Dinheiro e tem como objetivo reunir os produtores atendidos pelo Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em Ovinocultura e oportunizar a troca de experiências, além de apresentar os resultados já obtidos até o momento.

O Programa ATeG em Ovinocultura de Corte iniciou em 2016 e proporciona às propriedades rurais visitas técnicas e gerenciais mensalmente de maneira gratuita com o intuito de contribuir no aumento da produção, rentabilidade e melhoria da qualidade de vida do produtor rural.

Somente no ATeG Ovinocultura de Corte são atendidos 164 produtores em 24 municípios: Bocaina do Sul, Bom Retiro, Campo Alegre, Capão Alto, Correia Pinto, Fraiburgo, Frei Rogério, Iomerê, Itaiópolis, Lages, Lebon Régis, Mafra, Painel, Palmeira, Ponte Alta, Rio das Antas, Rio Negrinho, São Bento do Sul, São Cristóvão do Sul, São José do Cerrito, Pinheiro Preto, Salto Veloso, Urupema, Videira, os quais são divididos em 6 grupos de produtores.

De acordo com o coordenador estadual do programa Antônio Marcos Pagani de Souza, o trabalho da assistência técnica e gerencial busca orientar e incentivar os produtores de ovinos para que produzam animais diferenciados e que proporcionem ao mercado uma carne de alta qualidade. “São atendidos 164 produtores rurais que recebem assistência técnica associada à consultoria gerencial contribuindo para uma gestão sustentável e lucrativa das propriedades”.

O presidente do Sistema Faesc/Senar José Zeferino Pedrozo destaca que a intenção é demonstrar que a ovinocultura também é uma atividade rentável. “Além das visitas técnicas e gerenciais, os produtores têm acesso a treinamentos e palestras a fim de aprimorar e atualizar conhecimentos com relação à produção de ovinos”, complementa.

O superintendente do Senar/SC Gilmar Antônio Zanluchi observa que a troca de experiências entre os produtores é um importante fator, uma vez que contribui no nivelamento das ações do programa e, também, o que deu certo em uma propriedade pode ser aplicada nas demais a fim de melhorar a produção para todos.

Programação

A programação inicia com recepção e credenciamento. Às 09h30 ocorre a abertura do evento seguida de apresentação dos resultados obtidos com o ATeG Ovinocultura de Corte pelo presidente do Sistema Faesc/Senar José Zeferino Pedrozo. Às 10h30 horas o engenheiro agrônomo Luis Henrique Correia ministrará a palestra técnica: Os desafios para tornar a ovinocultura uma atividade rentável em propriedades rurais.

Na sequência, serão apresentados dois cases de sucesso. O primeiro será do Sítio dos Sonhos com o proprietário Alexandre e Adriana Hemkemaier do município de Palmeira. O produtor rural faz parte do grupo da ATeG de Ponte Alta e tem como técnica de campo Luana Zanferari que contribuirá com a apresentação. O segundo demonstrará os resultados obtidos na Cabanha Arco Íris. Farão a apresentação o produtor rural Adilson Eckel do município de Mafra e o técnico de campo César Henrique Peschel Júnior.

Às 11h55 horas inicia mesa redonda com os participantes. O almoço será servido às 12:30 horas. No período vespertino, às 13h30 horas ocorre o shopping rural de reprodutores e matrizes e às 14h30 horas reunião da Rede de Inovação Tecnológica na Ovinocultura de SC.

Fonte: MB Comunicação

clique para comentar

Deixe uma resposta