Conecte-se a nós

Esportes

Sem Kaká Brasil não rende, diz torcedor

Published

em

Lages, 26 e 27/06/2010, Correio Lageano

 


Sem empolgação. Foi assim que a maioria dos lageanos definiu o jogo de ontem entre a Seleção Brasileira e Portugal, que depois de 16 anos voltou a empatar sem gols em uma partida de Copa do Mundo. A última vez havia acontecido nos Estados Unidos, na decisão contra a Itália. O árbitro da Federação Catarinense de Futebol, Reginaldo Heine, engrossa o grupo dos brasileiros que não gostou do jogo e vê a seleção com desconfiança.

 


Segundo Heine o confronto não foi só o pior dos três da primeira fase da Copa do Mundo da África,“foi o pior das últimas Copas”, ironiza, citando como sua predileta a de 1982. Acrescenta que desde 82 o Brasil acaba a fase de grupos em primeiro lugar, ou seja, pelo oitavo mundial seguido, uma vez que os sete pontos no Grupo G foram suficientes para isso depois do empate em Durban. Disse ainda que a partida trouxe à tona mais preocupações: não tem substituto a altura de Kaká. “O Júlio Baptista não jogou nada e não tem ninguém para lançar a bola para os atacantes. Falta no meio uma cabeça pensante”, analisa. Elogios só para o capitão Lúcio e o goleiro Júlio César.

 


Mesmo assim, Reginaldo acredita que o Brasil vai bem nas oitavas. “Tanto faz ser o Chile, Espanha ou Suíça, o Brasil passa fácil”, adianta o lageano. “Nas quartas de final começa a complicar, pois pode pegar a Holanda que vem forte”, justifica.
 

Foto: Daniele Melo

Compartilhe

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais