Conecte-se a nós

Notícias

Prefeituras têm site, mas não atualizam

Published

em

Lages, 14/06/2010, Correio Lageano

 


Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 60% das prefeituras do Brasil têm página na internet. Mas, segundo a pesquisa, a maioria dos sites ainda são apenas informativos, e não permitem que o usuário faça sugestões e reclamações.


Apenas 349 municípios declararam oferecer ferramentas para usuários com deficiências auditivas e somente 36 têm sites que atendem às necessidades de deficientes visuais, quase todos localizados nas regiões Sul e Sudeste. O telefone é ainda o meio mais usado para o atendimento à distância. A inclusão digital é uma preocupação para 87,6% dos municípios brasileiros, que informaram à pesquisa, que já estão desenvolvendo uma política ou plano para garantir aos seus cidadãos acesso à informação por meio das novas tecnologias.


Na região da Amures, a realidade não é tão diferente quanto a exposta na pesquisa do IBGE. Dos 18 municípios que compreendem a região, apenas Lages atualiza diariamente seu portal.


Geralmente ele é atualizado com notícias, e informações de serviço público, como por exemplo, mudanças na coleta de lixo, cortes de abastecimento de água temporários, paralisação de uma via devido a uma obra ou até mesmo sobre a situação do Imposto Predial, Territorial Urbano (IPTU).


Segundo o editor do boletim informativo da prefeitura, Iran Rosa de Moraes, existem sete pessoas que trabalham direta ou indiretamente no site. “Esta ferramenta só funciona se na equipe houver pessoas qualificadas e exclusivas para isso”, salienta Iran. Ele ressalta a importância de um portal ter interatividade com o público que o acessa, já que assim é possível o cidadão dar sugestões ou reclamações sobre o serviço público.


Durante a 22ª Festa Nacional do Pinhão, a assessoria de imprensa da prefeitura mudou o local de trabalho para o Parque de Exposições. Assim, ficou mais prático alimentar o portal exclusivo da Festa: www.festadopinhão.com. “No período da Festa, as pessoas puderam acessar o site e saber tudo o que estava acontecendo. Além, é claro, da programação, colocávamos notícias da Festa e no quadro de recados, ficávamos sabendo se o povo estava curtindo”, enfatiza. Este ano, somente o site da festa, rendeu aproximadamente, 400 mil acessos, durante 22 dias. Pois, apesar de a Festa do Pinhão ter somente 11 dias, os acessos no site continuaram mesmo depois de ter terminado.


O gerente tecnológico da Amures, Adilson de Oliveira Branco, afirma que é muito importante os municípios estarem atualizados tecnologicamente. Entretanto, a situação econômica da maioria das prefeituras, não permite que se tenha uma equipe exclusiva para cuidar do site. “Infelizmente, apesar de todos os municípios da Amures terem site, apenas alguns o atualizam”, completa.


Os sites mais acessados são o de Lages, São Joaquim e Urupema. De acordo com Adilson, o portal de Lages é um dos mais completos. O de São Joaquim e Urupema são mais acessados durante o inverno. “As pessoas do Brasil inteiro procuram informações de São Joaquim e acabam acessando o site”, finaliza.

 

Foto: Daniele Melo

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: