Geral

Polícia Militar fará patrulhamento intensivo em pontos críticos

Published

em

São mais de 2 mil cadastrados no Programa Rede de Vizinhos - Foto: Bega Godóy

Por dois anos seguidos, o programa Férias Tranquilas, realizado pela Polícia Militar, não ocorrerá em Lages. Mas isso não significa que as pessoas estarão desassistidas, conforme explica o tenente Valdir Cristóvão de Oliveira Júnior. “Nas áreas que identificamos que houve incidência de furto e roubos em residências, reforçaremos o policiamento”, diz o policial.

Os locais que receberão patrulhamento reforçado serão definidos a partir de uma análise criminal com base no ano passado. Além disso, o tenente Cristóvão  assegura que há outros canais que podem ser usados pela população, como a Rede de Vizinhos e ainda que, mesmo com a ausência do Programa Férias Tranquilas, os índices de furtos e roubos em residências reduziu  entre a 20% e 30 %, em relação ao mesmo período de 2016.

O Rede de Vizinhos funciona através de um grupo no WhatsApp, pelo qual moradores e comerciantes de uma região trocam informações sobre suspeitos e ocorrências. Hoje, são mais de 2 mil cadastrados.

O gerente de uma lotérica no Centro de Lages, Alcindo José Basquerote é um dos integrantes da Rede de Vizinhos. Por meio do programa, a polícia tem conseguido reduzir as ocorrências na cidade. “Optei pelo programa porque busco segurança. A gente fica mais tranquilo, pois nosso horário é mais extenso. O programa inibe a ação dos criminosos. Abro bem cedo e fecho à noite. É mais um meio de segurança”, assegura.  

Dicas de segurança ao viajar

Para evitar qualquer imprevisto, como arrombamentos e furtos, além da ronda da PM, outros cuidados são essenciais, antes de viajar:

  • Não comente sobre sua viagem com pessoas estranhas. Para o caso de alguma emergência, deixe um telefone de contato com um vizinho de confiança ou o zelador do prédio. Ligue para eles de vez em quando para saber se está tudo bem. Só deixe a chave da casa com pessoas de absoluta confiança;
  • Nas ausências prolongadas peça a um parente ou amigo de confiança para visitar sua casa para demonstrar a presença de pessoas (abrindo janelas, regando jardins, entrando com carro na garagem, etc.);
  • Deixe apenas pequenas janelas basculantes entreabertas para o ar circular e evitar mofo;
  • Suspenda a entrega de jornais ou revistas e peça para um vizinho recolher a correspondência. Deixar acumular papel na porta de casa significa que não tem ninguém em casa;
  • Não deixe as luzes externas sempre acesas, pois durante o dia significam ausência de pessoas. Se possível, instale um sensor (fotocélula) na parte externa de modo que as luzes sejam ligadas e desligadas automaticamente (de acordo com a luz solar);
  • Evite colocar cadeados do lado externo do portão. Isso é uma evidência que não há ninguém em casa;
  • Desligue a campainha. Assim, você deixa em dúvida em quem usá-la apenas para verificar se há alguém em casa;
  • Feche as portas e janelas com trincos e trancas. Maior atenção deverá ser dispensada às aberturas que ficam na parte detrás da casa;
  • Se você tem secretária eletrônica não deixe mensagens dizendo que estará fora;
  • Desligue a chama-piloto do aquecedor a gás ou a chave do aquecimento elétrico de água. Tire das tomadas os aparelhos de som, TVs, computadores e outros eletrodomésticos a fim de evitar os efeitos de uma eventual sobrecarga elétrica.
clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com