Geral

Movimento das compras de Natal começa a aumentar em Lages

Published

em

Foto: Camila Paes

Há menos de 20 dias para o Natal, algumas vitrines lageanas já começam a receber as decorações festivas. As promoções de roupas, brinquedos e calçados enchem as vitrines e quem não gosta de deixar as compras para a última hora, já procura os presentes para os familiares.

Uma pesquisa feita com empresários do setor, em todas as capitais, pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que para quatro em cada dez (40%) comerciantes as vendas no período devem ser melhores na comparação com 2017.

Além desses, 32% dos empresários acreditam que as vendas se manterão no mesmo patamar e apenas 9% esperam um desempenho pior — uma queda de 12 pontos percentuais em relação a 2017.

Na loja de brinquedos e roupas infantil Casa dos Presentes, na Rua Coronel Córdova, em Lages, o movimento já começou a melhorar. Os brinquedos são os objetos mais procurados e a média de gastos é de R$ 100 a R$ 150, de acordo com a gerente Kátia Pereira.

Uma pesquisa divulgada pela Federação do Comércio de Santa Catarina, mostrou que 26% dos catarinenses optarão pela compra de brinquedos para o Natal. Em Lages, a porcentagem é de 24%. O grande vencedor de procura são os artigos de vestuário, onde 43% em SC presenteará os amigos e entes queridos com peças de roupa. Em Lages, o número é maior, com 44%.

Na loja TS3, também na Rua Coronel Córdova, a gerente Tshana Soares, relata que as camisetas são os itens mais procurados, principalmente os artigos em promoção. Para atrair mais clientes, aderem a sugestão de horário da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), que sugere que o atendimento seja estendido até às 22h em alguns dias até o dia 24.

A pesquisa das CDLs nacionais mostra ainda que pouco menos da metade (46%) dos entrevistados se prepararam ou pretendem preparar a empresa para o Natal — um aumento de 10 pontos percentuais em relação a 2017.

Por outro lado, 44% afirmam não ter um plano especial para o seu comércio no fim de ano. Dentre os que se planejaram para o Natal e Ano Novo, as principais estratégias mencionadas são ampliação do estoque (50%), diversificação de produtos e serviços (34%) e investimento na infraestrutura da empresa (20%).

Calçados também fazem parte da lista de mais procurados. Na loja Via Brasil, próximo ao calçadão, o gerente Cesar Blank que o movimento é maior desde o final do mês de novembro. O Natal e o Dia das Mães são os períodos de maior crescimento das compras, mas ainda assim, no Natal, o movimento intensifica. Os clientes procuram pelas promoções e costumam gastar de R$ 200 a R$ 300.

A pesquisa da Fecomércio ressalta ainda que muitos dos entrevistados irão realizar pesquisa de preço: 82,5% da amostra. Para grande parte dos consumidores (51%) o preço é um dos atributos mais avaliados na hora de escolher o local de compra dos presentes.

O ticket médio de gastos para 2018 em Santa Catarina é de R$ 486,80 em Lages o valor é um pouco menor, com R$ 326,63. A maioria dos consumidores afirmou que pagarão seus gastos à vista, em dinheiro (66,1%).

Seguido pelo cartão de crédito parcelado (17,3%) e o cartão de débito (9,5%). Adicionalmente, pela pesquisa da Fecomércio foi possível verificar que, para 16,7% dos entrevistados a prioridade de destinação do décimo terceiro é a compra de presentes de Natal.

A pesquisa indica que os presentes comprados serão direcionados para os filhos (42,4%), pais (20,4%) ou cônjuges (9,6%) dos consumidores. Este comportamento é similar ao observado em 2017, onde a maior parte dos consumidores direcionou seus presentes para estes familiares. O comércio de rua será o local mais procurado pelos consumidores na hora da compra (73,2%).

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com