Geral

Morcegos causam preocupação em edifício do Centro de Lages

Published

em

Os animais ocupam espaços da garagem do edifício Foto: Adecir Morais

Morcegos estão ocupando espaços do Edifício Azteca, no Centro de Lages, na Serra. Durante o dia, eles ficam escondidos em áreas das garagens do estabelecimento e à noite, costumam ficar voando nestes locais.

A colônia conta com um grande número de animais, que só oferecem riscos aos humanos caso mordam uma pessoa. Não há informação da presença deles dentro dos apartamentos.

Basicamente, o prédio abriga estabelecimentos comerciais (escritórios). Os inquilinos estão preocupados com a infestação dos animais.

Eles já reclamaram para o síndico. O Centro de Zoonoses do município também foi avisado. A administração do estabelecimento diz que já está tomando as medidas necessárias para resolver o problema.

De acordo com pessoas que trabalham no edifício, é grande o número de animais no local. “O problema começou há cerca de 15 dias. Os morcegos começam a sair no início da noite e ficam voando, igual um enxame”, conta uma funcionária.

Técnicos do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde, vistoriaram o edifício na semana passada.

De acordo com o biólogo do órgão, Márcio Rodrigues da Silva, os morcegos costumam se abrigar em canos da garagem. Eles têm hábitos noturnos, alimentam-se de insetos.

Márcio ressalta que os fiscais pediram para a administração do prédio tomar as medidas necessárias de controle da espécie.

A orientação é para que sejam isolados os locais onde os morcegos costumam se esconder. Enquanto isso, o biólogo orienta que pessoas evitem contato com os animais, devido à possibilidade de algum estar contaminado com o vírus da raiva. 

A administração do edifício informa que já está tomando as providências necessárias para eliminar o problema. Uma empresa de dedetização foi contratada para fazer os serviços necessários.

Em um primeiro instante, serão trancadas as áreas de entrada do esconderijo dos animais. Caso isso não resolva o problema, estes locais serão vedados com grades. Os serviços, garante a administração do local, serão feitos o mais rápido possível.

Os morcegos são animais silvestres da fauna brasileira e protegidos por lei. Por este motivo, Márcio alerta que é proibido o extermínio da espécie, mesmo que seja um dos portadores do vírus da raiva.

“Essa é a nossa principal preocupação, porque morcegos podem morder para se defender e transmitir a doença, por isso, pedimos que as pessoas tomem cuidado”, assinala Márcio.

 

 

 

 

Assista ao voo dos

morcegos na garagem

do prédio

 

clique para comentar

Deixe uma resposta