Segurança

Justiça recebe denúncias sobre caso de exames falsos

Published

em

Atualização às 11h46 (18/2) – 

A Justiça recebeu as denúncias da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil, sobre o caso do estabelecimento clínico-laboratorial Santa Rita, responsável por exames toxicológicos para motoristas em larga escala de detecção, para empresas transportadoras de cargas. O local manipulava os resultados dos exames, a fim de produzir um resultado “falso negativo”, com o objetivo de obter lucros. Cerca de 100 exames falsos foram detectados pela polícia, do período entre 2018 e 2019.

Ano passado, a polícia apreendeu documentos, aparelhos eletrônicos e celulares, tanto no laboratório quanto na residência dos envolvidos. Além das falsificação, eles podem responder por corrupção passiva e ativa, advocacia administrativa, concussão e associação criminosa. A polícia também identificou crime eleitoral, pois na época em que aconteceram os crimes, o principal suspeito ocupava cargo público diretivo comissionado em Lages.

Foram determinadas: a suspensão do credenciamento SUS e Cis/Amures do laboratório clínico; a suspensão de qualquer procedimento destinado à coleta de material biológico de motoristas profissionais (vinculados ou não a empresas) para fins de confecção de Laudo Toxicológico; suspensão imediata do credenciamento do laboratório e seus profissionais, junto ao Denatran, para os mesmos fins.

Fonte: Polícia Civil/DIC

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com