Conecte-se a nós

Esportes

Justiça argentina impede retorno de torcedores violentos à África do Sul

Published

em

Buenos Aires, 15/06/2010, (EFE)

 

A Justiça argentina ditou uma ordem impedindo que sete torcedores violentos da Argentina, conhecidos como "barras bravas", voltem a viajar para a África do Sul por causa da Copa do Mundo, informaram nesta terça-feira fontes judiciais.

 


As autoridades sul-africanas negaram nas últimas semanas a entrada dos barras bravas no país, por causa de informações fornecidas pelas forças de segurança da Argentina.

 


Os sete torcedores expulsos pela África do Sul tinham apresentado um recurso contra os relatórios que os apontaram como vândalos, mas a apelação foi rejeitada pela Câmara Criminal de Buenos Aires, segundo o Centro de Informação Judicial.

 


O tribunal afirmou que a apelação não se ajusta à lei e que, portanto, manteve a vigência dos relatórios policiais, aos quais as autoridades sul-africanas recorreram para impedir a entrada dos vândalos.
Antes da Copa, mais de 20 barras bravas argentinos foram expulsos ou proibidos de entrar na África do Sul.

 


Um dos vândalos deportados era condenado por homicídio, violou sua liberdade condicional e foi preso ao retornar à Argentina.

 

Foto: (EFE)

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais