Conecte-se a nós

Esportes

Flamengo afasta Bruno durante investigação por desaparecimento de estudante

Published

em

Rio de Janeiro, 28/06/2010, (EFE)
 

O Flamengo determinou hoje o afastamento do goleiro Bruno durante as investigações policiais sobre o desaparecimento da estudante Eliza Samudio, com quem o atleta teria tido um filho.

 

A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, anunciou hoje em entrevista coletiva que o jogador trabalhará no Ninho do Urubu, o centro de treinamento do clube, e não na cidade paulista de Itu, para onde o grupo vai.

 

"O Flamengo entende que não tem competência para julgar qualquer situação e, tão logo aconteça esse julgamento da Justiça, o Flamengo tomará, com tranquilidade, as medidas cabíveis", declarou Patrícia.

 

Bruno é um dos suspeitos do desaparecimento de Eliza Samudio, cujo paradeiro é desconhecido desde o início do mês.

 

Segundo uma denúncia anônima feita à Polícia Civil da cidade mineira de Contagem, a estudante teria sido espancada até a morte no sítio de Bruno, que fica em Esmeraldas, na região de Belo Horizonte.

 

No sábado passado, a Polícia encontrou o filho de Eliza em poder de desconhecido e, um dia depois, entregou a criança, de apenas 4 meses, à custódia de seus avós maternos.

 

Os investigadores interrogaram a esposa de Bruno, Dayane Souza, por seu suposto envolvimento no caso e convocaram o jogador a prestar depoimento na delegacia de Contagem.

 

Hoje, o jogador teria declarado a jornalistas que está com a "consciência tranquila" e que "no futuro", riria de "tudo isso".

 

Em outubro de 2009, Eliza prestou queixa contra Bruno na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, por tentativa de sequestro, agressão e ameaça. Então, o goleiro negou as acusações.

Foto: (EFE)

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: