Notícias

Fiesc quer ampliar exportações de pequenas e médias empresas

Published

em

Maria Teresa, da Fiesc, durante workshop realizado no Senai de Lages - Foto: Divulgação

Empresários de Lages e região conheceram, na noite de terça-feira (11), detalhes do programa de internacionalização da Federação da Indústria de Santa Catarina (Fiesc). Como parte das atividades, a presidente da Câmara de Comércio Exterior da federação, Maria Teresa Bustamante, ministrou um workshop sobre o assunto. O encontro teve por objetivo pensar, discutir e debater sobre o processo de internacionalização da indústria.

Este programa visa a contribuir com as empresas para dar o primeiro passo no comércio exterior. São disponibilizadas soluções para identificar potenciais clientes, evitar burocracia, facilitar os processos de vendas, entre outros. Maria Teresa explicou que as iniciativas têm por objetivo inserir as empresas no comércio internacional, aumentando a competitividade delas.

Durante o evento, as empresas, por meio de seus representantes, participaram de um diagnóstico em que se avaliou o grau de maturidade em que se encontram em relação ao comércio exterior. A partir desta avaliação, será possível estabelecer um plano de ação para apoiar a implementação de estratégias na área. “Toda a empresa que participa, recebe um atendimento especial”, afirma.

Maria Teresa explicou que, antes de buscar participar do comércio internacional, o empresário tem de olhar para o mercado interno e criar estratégias para concorrer com empresas e produtos estrangeiros no mercado brasileiro. Segundo ela, “o mercado brasileiro atrai investimentos estrangeiros e precisamos que as nossas indústrias estejam preparadas para competir”, declarou.

Ela afirmou que inserir um maior número de indústrias no comércio internacional é uma das prioridades da atual gestão da Fiesc. Atualmente é baixa a participação de pequenas e médias empresas no comércio exterior. O programa de internacionalização busca, justamente, mudar este cenário.

Saiba mais

O programa de internacionalização é executado pela Fiesc em parceria com outras instituições públicas e privadas que operam no comércio exterior. Ele consiste em auxiliar as indústrias a crescer diante da economia mundial, dando posição de destaque para o Brasil e para Santa Catarina com ações planejadas, tornando o setor industrial mais produtivo, competitivo e desenvolvido.

Os principais focos são: fortalecer a importância das exportações catarinenses no comércio exterior brasileiro; fomentar a consolidação de produtos catarinenses em mercados tradicionais; incentivar a atração e o incremento de investimentos produtivos e o crescimento de investimentos estrangeiros diretos no estado; promover o comprometimento e a integração dos principais agentes envolvidos com o comércio exterior catarinense e o desenvolvimento sustentável do setor industrial catarinense.

clique para comentar

Deixe uma resposta