Geral

Exposição Restauro Malinverni Filho e lançamento de livro

Published

em

Ele faz parte da história do município de Lages e de Santa Catarina. Suas obras são reconhecidas no Brasil e no mundo. Apesar de todas as dificuldades que enfrentou no começo da carreira, deixou suas artes e seu nome eternizados.

Agostinho Malinverni Filho foi pintor e escultor, nasceu em Lages, no ano de 1913. Em 1928, com 15 anos, conquistou o 1º lugar em desenho em um concurso estadual. Malinverni Filho criou a 1ª Escola de Belas Artes do Estado de Santa Catarina. Realizou diversos trabalhos de escultura de estátuas e bustos de personagens da história catarinense, em especial de governadores que, ainda hoje, povoam as praças do Estado Catarinense.

A casa que Malinverni construiu e morou até o ano de seu falecimento, 1971, foi transformada, em 1985, em museu, local que abriga até hoje suas obras. Porém, algumas de suas telas, em função do tempo, foram se deteriorando, escamando e perdendo detalhes da tinta.

Denise Becker, fotógrafa e admiradora das artes, conheceu o Museu Malinverni Filho e decidiu prestar apoio. Há dois anos, começou a captação de recursos para restaurar seis obras pela Lei Rouanet, principal mecanismo de fomento à Cultura do Brasil, por meio das empresas da Celesc e GTS do Brasil.

Seis quadros foram escolhidos, entre tantos, para serem restaurados pelo artista, restaurador e conservador, Luciano Boletig. Paranaense, formado em artes plásticas pela Universidade Estadual de Londrina, no Paraná.

O quadro “Rua Taylor” foi um dos restaurados. A obra é emblemática, pois foi com ela que recebeu o primeiro prêmio na exposição coletiva da escola, em 1936. A obra foi feita no porão da escola que estudava, com material abandonado pelos colegas.

As seis obras estarão expostas neste sábado (22), a partir das 17 horas no Museu Malinverni Filho, na Rua Manoel Thiago de Castro, no Centro de Lages. Quem for à exposição, terá a oportunidade de observar os detalhes que foram restaurados.

Quadros restaurados

Biblioteca Rui Barbosa (1945)

Flamboyant (1949)

Nú (1937)

Retrato Esposa (1937)

Rua Taylor (1936)

Saudade (1938)

Fotógrafa lança livro sobre a Serra Catarinense

A Serra Catarinense foi o cenário escolhido pela fotógrafa Denise Becker. Os 18 municípios da Associação de Municípios da Serra Catarinense (Amures) foram fotografados ao longo de um ano. Suas cores, sabores, campos, cidades, belezas naturais e pontos onde a ação humana transformou os locais, foram registrados pelas lentes de Denise.

“O conjunto de fotografias que integra este livro, mais do que um registro etnográfico, é uma forma lúdica e lúcida de tentar entender uma das mais ricas regiões de Santa Catarina. Cada imagem preserva a memória – olhar que ultrapassa fronteiras, que procura descobrir o que existe além das taipas, dos caminhos percorridos pelos viajantes.”

O livro será lançado durante a Exposição Restauro Malinverni Filho, entre 17 horas e 20 horas. A distribuição é gratuita.

Além das fotografias, o leitor poderá apreciar as belas poesias de Cristina Belmonte, que dedicou seu tempo para cada fotografia. São palavras que expressam sentimento, mas também dão um tom do que é cada paisagem.

 

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com