Conecte-se a nós

Notícias

Ex-colaborador da Apae denunciado por aplicar golpes

Published

em

Lages, 18/06/2010, Correio Lageano

 


A diretoria da Apae fez um alerta, ontem, para que colaboradores fiquem atentos a um homem que está aplicando golpes em nome da entidade.


Há pelo menos duas semanas estão reincidindo os golpes e, segundo a diretora, Vera Silveira da Silva, na última ocorrência o doador telefonou para a Apae e indagou se a ajuda financeira era mesmo para a entidade. “Esta pessoa está denegrindo a imagem da Apae. Além do mais está tirando benefício financeiro de uma coisa que não é real. Mente que precisa de dinheiro para viajar com alunos da Apae. É tudo mentira”, explica a diretora.

 

O suspeito dos golpes, segundo a direção da escola, é um ex-colaborador de capoeira, Rodrigo Croda. Ele prestou serviços voluntários e até recebeu ajuda financeira. “Agora está se aproveitando da situação para aplicar golpes”, comentou. A diretora da Apae foi à Delegacia de Polícia fazer boletim de ocorrência.


“A orientação do delegado foi para que primeiro fizéssemos uma alerta através dos veículos de comunicação e caso o problema reincida vamos tentar localizá-lo para as providências legais”, explicou. Pelo menos quatro empresas foram lesadas pelo golpista, pelo que apurou a direção da escola.


Ano passado, a Apae enfrentou problemas semelhantes, quando golpistas vendiam falsas rifas em nome da entidade. Agora, enfrenta problema semelhante. Só que o golpista pede dinheiro sob argumento de que será feita uma viagem com grupo de alunos. Ele se passa por professor da Apae ao fazer os pedidos.

 

“A comunidade é muito parceira e a credibilidade da Apae está sendo prejudicada. Nós não trabalhamos assim. A prática da Apae é trabalhar com órgãos públicos. Jamais vamos às empresas pedir dinheiro”, alertou Vera da Silva. Ela pede inclusive que, se alguém for abordado em nome da Apae, que acione a polícia e denuncie, porque se trata de um golpe.


Como Rodrigo Croda deixou a Apae há mais de um ano, a preocupação é que os golpes tenham sido aplicados em várias empresas. “Essa pessoa é um charlatão. Está mal intencionado e usa sempre do mesmo argumento. Diz que precisa de dinheiro para viajar com alunos da Apae”, reitera a diretora em tom de alerta.

 

Foto: Deise Ribeiro

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: