Conecte-se a nós

Notícias

Dia do Desafio. Saúde é vida

Published

em

Lages, 2/05/2010, Correio Lageano

 

Mais de 300 lugares em Lages, incluindo empresas e escolas públicas e particulares, hospitais, farmácias, lojas, academias, ginásios de esportes e comércio em geral, participaram ontem do Dia do Desafio, que movimentou cerca de 30 mil pessoas. Lages concorre com a cidade de Danli, em Honduras, por terem número semelhante de habitantes. O vencedor você pode conferir no portal CLMais: www.clmais.com.br.


Corria o ano de 1983. Fazia muito frio em um dia típico de inverno numa cidadezinha do Canadá. Nenhum dos habitantes tivera a ideia de colocar sequer o nariz para fora de casa. Mas eis que, por ordem do prefeito, os moradores foram convocados a apagar as luzes e dar uma volta no quarteirão. Muitos preferiram continuar debaixo das cobertas, mas alguns resolveram, valentemente, atender ao chamado. Embora não tenha sido possível contar o número exato de corajosos, pela quantidade de energia economizada fez-se um balanço de quantos haviam abraçado a ideia.


O desafio lançado àquelas pessoas, sem dúvida, era não apenas vencer o frio, mas principalmente mudar de atitude com relação à prática de atividades físicas. Foi assim que surgiu o Dia do Desafio (Challenge Day), idealizado pela ParticipAction. Graças à criatividade de cidadãos comuns, entidades e governos locais, foram criadas alternativas para sacudir as pessoas para alguma movimentação física.


O projeto foi difundido mundialmente pela Trim & Fitness International Sport for All Association (Tafisa), de origem alemã. No Brasil, e em todo o continente americano, ele é coordenado pelo Sesc São Paulo e consiste em desafiar as cidades participantes a mobilizar o maior número possível de pessoas para que pratiquem algum tipo de atividade física por, no mínimo, quinze minutos.


No dia do desafio do ano passado, Lages movimentou cerca de 45 mil pessoas, mas não conseguiu ganhar de Cuba. Este ano está concorrendo com Danli que tem 134 mil habitantes. Cleide Ronsani, coordenadora do Dia do Desafio em Lages, afirma que não significa vitória certa por Lages ter 177 mil habitantes.


“Pesquisei na internet e verifiquei que Danli apesar de ser um cidade com menos pessoas,
Atividades na água contam pontos para LagesEntre as entidades participantes do Dia do Desafio estava a Raia 1, onde mais de 150 pessoas praticaram exercícios físicos nas piscinas.


A turma de hidroginástica se reúne 3 vezes por semana e tem aproximadamente 30 alunos, de 40 a 70 anos. Todos estavam supermotivados para vencer a cidade de Danli.


Neli Antunes Vieira, de 47 anos, fez uma cirurgia de coluna há 2 anos e desde então, não parou mais de praticar hidroginástica. “Senti uma leveza surpreendente, as dores diminuíram, aumentou minha flexibilidade, perdi três quilos em três meses e não pretendo parar”. Neli começou por indicação médica, mas afirma que mesmo que suas dores cessem não vai parar mais, pois na água sente menos impacto e mais liberdade nos movimentos. “As pessoas devem se estimular mais a praticar exercícios, pois a saúde reflete na qualidade de vida e isso é tudo”, salientou.


A professora de hidroginástica Vilmara de Souza destacou que a maioria das pessoas procura atividade física depois de orientação médica, por isso, segundo ela, é muito importante este dia do desafio. “A atividade física traz mudança de 100% na vida das pessoas, diminui o stress e a quantidade de medicamentos”, finalizou.comparada a Lages, é muito ativa”, explica.

Fotos: Susana Küster

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: