Notícias

Defesa Civil cadastra casas atingidas pela chuva

Published

em

A Defesa Civil está passando nas ruas atingidas para fazer o cadastro - Foto: Defesa Civil/Divulgação 

A previsão permanece com a condição de chuva ao decorrer da semana em Lages, e isso preocupa aqueles que sofreram com a forte chuva de domingo (10), quando centenas de casas foram atingidas pela água. Foram 40 bairros e aproximadamente 500 residências atingidas, o que levou o prefeito Antonio Ceron a declarar situação de emergência na cidade. 

Conforme a gerente da Defesa Civil, Mayara Rafaeli Lemos, foram aproximadamente 30 casas destelhadas, o restante alagadas. No mesmo dia, a Defesa Civil entregou lonas e fez o resgate aquático de pessoas que estavam ilhadas.

Agora a equipe, juntamente com voluntários, está empenhada na realização do levantamento e cadastramentos das famílias atingidas. Após o decreto de emergência, que foi assinado na segunda-feira (11), o órgão tem apenas 10 dias para enviar a documentação ao Governo Federal e conseguir os recursos para mitigar os efeitos do temporal.

O Governo tem esse modo burocrático para liberar os recursos. Precisamos fazer esse balanço dos prejuízos da cidade de forma correta, caso contrário não recebemos os recursos,” explica Mayara

Para fazer o cadastramento, os voluntários trabalham das 8h às 12h, e das 14h às 18h, passam nas casas seguindo a relação das ruas atingidas,  colhendo os dados de apenas um membro responsável pela residência. 

Caso o responsável não esteja em casa no instante em que o voluntário passar, basta ligar na Defesa Cívil (49) 3222-9661 e fazer o cadastramento com seus dados. Deve ter CPF e um comprovante de residência em seu nome.  “É apenas uma pessoa responsável pelo lar que vai fazer o cadastramento, assim conseguimos um levantamento correto de casas atingidas. Semana que vem pretendemos encaminhar essa documentação com um balanço dos prejuízos da cidade para o governo.” 

Não tem um prazo específico para o governo avaliar esse pedido, e repassar os recursos. “Estamos limpando as ruas e avenidas. Isso podemos resolver. Mas para restabelecer as casas precisamos desse recurso.”

A gerente também explica que nesta época do ano é complicado ter uma previsão exata de chuva, mas a equipe da Defesa Civil, permanece em alerta, e em caso de emergência basta ligar no 199 ou (49) 98406 4037.

clique para comentar

Deixe uma resposta