Conecte-se a nós

Notícias

Criança era estuprada pelo tio há três anos

Published

em

Homem foi preso na tarde de quarta-feira (14), em Painel - Foto: Divulgação

As imagens gravadas no Bairro Penha, em Lages, espantam e revoltam qualquer um. Nelas, um senhor com mais de 60 anos, abusa de uma criança, em um ponto de ônibus, em plena luz do dia.

Ele passa as mãos nas genitais da menina e então, se masturba. Após investigações da Polícia Civil, foi descoberto que o homem de 71 anos é tio da menina e que os abusos aconteciam há, pelo menos, três anos.

O vídeo chegou às mãos do delegado responsável pela Delegacia da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso de Lages, Frederico Cezar de Melo e Silva, no final do ano passado. Ele revela que as imagens foram publicadas nas redes sociais e viralizaram.

Num primeiro momento, não havia como identificar o autor dos fatos, mas as investigações continuam. Mas foi no município de Painel, na Serra Catarinense, que o caso começou a se desenrolar.

A Polícia Civil de Painel recebeu o vídeo e identificou nas imagens, a vítima e o agressor, como moradores do município. Ao serem chamados para confirmar o caso, a família da vítima confirmou os abusos e explicou que, após a viralização do vídeo, o assediador começou a ameaçá-los com uma arma de fogo.

A criança, que tem 10 anos, recebeu acompanhamento psicológico e se mostrou bastante abalada e envergonhada com a exposição e acabou deixando de frequentar a escola. Ao ser identificada, a vítima foi trazida à Lages e relatou que os abusos acontecem há três anos e começaram quando ela tinha 7.

A família revelou que a reaproximação do homem a família começou no mesmo período em que se iniciaram os abusos. Ele sempre se oferecia para levar a menina a passeios, como o registrado em vídeo, e ao supermercado, além de sempre a presenteá-la com doces e guloseimas. A menina revelou, para não contar a família, o tio a ameaçava.

O delegado Frederico explica que, antes de ser realizada a prisão do agressor, foi necessário reunir todas as provas que comprovassem os assédios. Para isso, diversas testemunhas foram ouvidas. Na quarta-feira (14), após expedição do juiz, foi decretado mandado de prisão preventiva do idoso.

Ele foi preso em casa, no interior de Painel e encaminhado ao Presídio Regional de Lages. Lá deve ficar até o julgamento. Ele pode ser condenado de 8 a 15 anos de reclusão pelo crime de estupro de vulnerável.

O delegado acrescenta que a criança está muito abalada, não só devido aos abusos, mas por causa da exposição nas redes sociais. Frederico ressalta que essa experiência pode trazer consequências para a vida da adolescente. Ele explica também que os assédios evidenciaram a vida sexual da menina precocemente.

Em seu depoimento, onde confessou o abuso, A.P.P.P revelou que praticava os atos porque a criança de 10 anos pedia. Ele afirmou também nunca houve conjunção carnal com a menor e que os abusos começaram no final do ano passado. O idoso é casado e pai de sete filhos.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: