Conecte-se a nós

Negócios

Controle de acesso à internet ganha adesão de empresas

Published

em

Lages, 11/06/2010



Saber o que cada funcionário acessa na internet no horário de trabalho, deixou de ser uma mera curiosidade passando a ser realidade em diversas empresas.

 

O monitoramento de acesso à internet pode não agradar a todos os funcionários, mas empresários garantem que traz resultados positivos para a empresa, partindo do melhor aproveitamento do tempo à economia financeira com a manutenção de computadores com vírus, por exemplo.

 

Na empresa Zanoello Troféus, cerca de 30 colaboradores utilizam o computador para o trabalho, hoje o sistema de monitoramento permite que só quem realmente necessite da internet a utilize e, mesmo assim, a gerência sabe de todos os sites visitados. Hoje, não há incidência de problemas relacionados à rede, mas há algum tempo, o mau uso das ferramentas da web foram uma grande preocupação para a administração da empresa.

 

De acordo com o gerente de informação, Andrei Córdova, o controle feito nos computadores da empresa começou há oito anos e, desde então, foram notadas melhoras, tanto na produtividade, quanto na segurança de informações internas. “O ganho é bem alto em todos os sentidos, não há mais perda de tempo com tarefas não relacionadas ao trabalho e nem a possibilidade de vazamento de informações internas, que dizem respeito somente à empresa”, fala.

 

“A internet é indispensável, nos permite muitas possibilidades, como a utilizamos para venda e captação de clientes, entre outros serviços, mas também tem muita coisa ruim relacionada a ela, como sites impróprios de conteúdos não profissionais”, analisa o gerente. Mas Córdova salienta que as mudanças devem ser gradativas e sempre com a orientação e conscientização de todos os integrantes da equipe. “Não deve ser uma imposição. Se os funcionários têm em mente que estão aqui para trabalhar, e que as mudanças podem ser benéficas a eles também, é mais fácil a compreensão”, garante.


Cada vez mais trabalho às empresas especializadas

 

Prestadoras de serviço de instalação dos sistemas de monitoramento comemoram a adesão das empresas neste contexto.

 

A diretora comercial da Securenet, especializada na instalação de servidores “Proxy Firewall”, que fazem o bloqueio de páginas indevidas, Gabriela Koech Silva, comenta que o controle é uma necessidade das empresas, tendo em vista o alto número de funcionários que não dedicam 100% do tempo ao trabalho. “O uso racional da internet gera uma grande economia às empresas, reduz custos e aumenta a produtividade”, afirma.

 

Ela reitera que com os sistemas atuais, nem sempre é necessário bloquear o acesso a todos os sites, sendo possível também configurar individualmente cada computador. “Além de ser de fácil manuseio, sendo que qualquer pessoa com conhecimento básico pode operar o sistema”, fala.

 

Ela diz que o servidor permite aos gestores obterem conhecimento daquilo que em condições normais não saberiam. “Não é só coibir o acesso dos funcionários, mas proteger o sistema contra hackers, garantindo a segurança corporativa”, afirma.

 

A gerente comenta ainda que há uma série de possibilidades de monitoramento e que todas dependem do trabalho que se executa, já que existem casos especiais, como departamento de criação, ou quem atua com informações, por exemplo. “Mas em um departamento financeiro, não há necessidade”, aponta.

 

Quanto à utilização do MSN como ferramenta de trabalho ela revela que existe a possibilidade da seleção de contatos liberados, durante o horário de trabalho.

 

Foto: Edinara Kley

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: