Notícias

Comemorações dos 60 anos da Uniplac começam com lançamento de um selo

Published

em

O lançamento do Selo 60 anos será no Marajoara, nesta quarta-feira (17), abrindo as festividades - Foto

A Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) completa 60 anos de fundação nesta sexta-feira (19) e na programação muitas ações estão programadas para este ano comemorativo. A começar pelo lançamento do Selo 60 anos. O evento acontece nesta quarta-feira (17), às 19 horas, no Teatro Marajoara. Na ocasião, profissionais e ex-alunos que deram início a esta história serão homenageados.

O reitor Kaio Amarante disse que a data é importante porque faz parte do desenvolvimento da Serra Catarinense. Lembrou que há 60 anos um grupo de idealizadores pensou o ensino superior na Serra e nas escolas técnicas no interior do Estado.

Com isso, segundo ele, deram início à Fundação Catarinense de Cultura que foi o grande embrião para as Faculdades de Ciências Econômicas, Sociais e Pedagógicas e isso evoluiu até chegar à Fundação Uniplac e, consequentemente, a Universidade do Planalto Catarinense – Uniplac.

“Quando falamos de ensino superior e no interior de Santa Catarina somos os pioneiros, não tem como desvincular da Uniplac. Também não podemos desarticular o desenvolvimento regional sem falarmos na Uniplac que vem contribuindo há 60 anos na formação de pessoas, empresários, líderes e mão-de-obra altamente capacitada. Para falar em desenvolvimento regional na Serra Catarinense, temos de falar, obrigatoriamente, da Uniplac”, diz Kaio.

Nesta quarta-feira, será o start das comemorações dos 60 anos, com o lançamento do selo. A programação deverá seguir até julho de 2020. Para este evento, a direção da universidade resgatou e contactou a primeira turma de formandos da Uniplac, fundadores da Associação Catarinense de Cultura, e alguns professores que serão homenageados.

Na sequência da programação, ainda haverá o lançamento de um livro sobre a história da Uniplac, sessão solene na Câmara de Vereadores, eventos na universidade e em outras cidades próximas mostrando o braço extensionistas da Universidade frente à Serra Catarinense. 

“Convido a comunidade,  aqueles que tiveram ou têm contato direto ou indireto com a Universidade, para construirmo os próximos  60 anos,” incentivou o reitor ao lembrar que a UnIplac é a Casa da Ciência e patrimônio intelectual da Serra Catarinense. “A Uniplac não tem um dono. Precisamos que as pessoas contribuam com suas ideia para que, internamente, possamos articular e gerar os melhores resultados possíveis”, conclui.

Seis décadas de história

A história da Uniplac tem início em julho de 1959, com a criação da Associação Catarinense de Cultura (ACC). No mesmo ano, em novembro, foi declarada de utilidade pública pela Câmara de Vereadores de Lages.

A ACC foi responsável pela fundação das Faculdades de Ciências Econômicas e de Ciências Contábeis e Jurídicas de Lages (Facec), cuja aula inaugural aconteceu no dia 6 de abril de 1964. Já os primeiros cursos – de Ciências Contábeis e de Ciências Econômicas – foram implantados em 1966.

Com o objetivo de reger o ensino superior em Lages, a Fundação Educacional de Lages (FEL) foi criada em novembro de 1965, como uma entidade autárquica, com função técnica e desmembrada da administração municipal, porém, tutelada por esta.

Em 1969, a mesma se transforma na Fundação Universidade do Planalto Catarinense (UPC), vinculada ao município, mas com autonomia em questões didático-científicas, disciplinares, administrativas e financeiras. Em maio de 1970, a UPC criou a Faculdade de Ciências e Pedagogia de Lages (Facip), com os cursos de Pedagogia, Letras e Ciências Sociais.

Sob a organização do Sistema Fundacional Catarinense (Acafe), a Fundação das Escolas Unidas do Planalto Catarinense (Uniplac) foi criada em 1974, mesmo ano do início das construções dos blocos A, B e C para abrigar a Facec e a Facip, que antes funcionavam nas instalações da Escola Normal Vidal Ramos e Colégio Franciscano Diocesano, respectivamente. Já nos anos 80 houve a autorização e efetivação do curso de Direito e das primeiras turmas de pós-graduação da Uniplac, com o curso de Educação Psicomotora.

Em 1994, um novo objetivo foi proposto: a transformação da Uniplac em universidade. Ao longo de cinco anos, tendo vencidas diversas etapas, a instituição veio a ser reconhecida como universidade pelo Conselho Estadual de Educação no mês de maio, pelo Governo do Estado no mês de junho e, finalmente, oficializada como Universidade do Planalto Catarinense no dia 27 de julho de 1999.

Nos anos 2000 em diante, novas conquistas como a instalação do Micro Distrito de Base Tecnológica de Lages, a Incubadora MidiLages; o credenciamento do campus de São Joaquim; a implantação do Instituto das Águas e Biodiversidade da Serra Catarinense (IABio); a inauguração do Centro de Educação Infantil Suzete Soares Conceição Córdova (Ceim Uniplac); o início da atuação no Ensino à Distância (EAD) e, por fim, a migração para o Sistema Federal de Ensino, deixando de ser monitorada pelo Conselho Estadual de Educação.

clique para comentar

Deixe uma resposta