Conecte-se a nós

Notícias

Começa fiscalização por radar móvel nas vias de Lages

Published

em

Fiscalização iniciou na segunda e deve acontecer seguindo cronograma elaborado pela Diretran - Foto: Aline Tives/ Prefeitura de Lages/ Divulgação

Motoristas de Lages devem voltar a ficar atentos com a velocidade com que trafegam pelas vias da cidade, pois, desde segunda-feira (3) estão sujeitos a serem multados caso ultrapassem o limite permitido.

Isto porque iniciou a fiscalização por radar móvel, que acontecerá nas vias com maior fluxo de veículos. O monitoramento móvel será feito até que sejam reativadas as lombadas eletrônicas e furões (desativados desde o início do ano), o que deve acontecer em 2019.

A fiscalização por radar móvel será executada pelos agentes de trânsito da Diretoria de Trânsito (Diretran) e pela Polícia Militar. No primeiro dia de fiscalização eles atuaram nas avenidas Belisário Ramos e Santa Catarina.

De acordo com o secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, há cerca de dois meses a prefeitura iniciou um trabalho de divulgação sobre o monitoramento portátil e foram instaladas placas indicativas para alertar os motoristas. Por isso, a partir da última segunda-feira (3), quem for flagrado trafegando acima da velocidade máxima permitida, será multado.

“Nós precisamos coibir os abusos de velocidade cometidos pelos nossos motoristas, por isso o uso de radares móveis surge como medida paliativa na tentativa de diminuir o número de acidentes. Em nenhuma via de Lages, nem nas principais avenidas, é possível andar a mais de 60 km por hora, porquê não temos vias de fluxo rápido, como em Florianópolis, mas não é isso que está acontecendo”, comenta o secretário.

As fiscalizações acontecerão de acordo com um cronograma desenvolvido pela Diretran. Segundo Bortoluzzi, serão priorizados os finais da semana (quintas, sextas e sábados), mas também acontecerão fiscalizações em outros dias.

Lombadas eletrônicas

Por causa de uma mudança na norma nacional que rege o tipo de dispositivo que pode ser utilizado para fazer o controle de velocidade, Lages precisou revisar a metodologia que vinha utilizando. Por isso, desde janeiro as lombadas eletrônicas e furões da cidade não estão funcionando.

De acordo com Bortoluzzi, em parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE), o município está elaborando um novo edital para contratação deste serviço, que deve ser lançado no início do próximo ano. Assim que o edital for encerrado, a empresa escolhida instalar os dispositivos e os mesmos forem colocados em funcionamento, a fiscalização por radar móvel não será mais utilizada.

O secretário explica que foi necessário elaborar um estudo para identificar os pontos que necessitam e onde é possível colocar os dispositivos. Este estudo apontou quantas e onde será possível instalar as lombadas eletrônicas.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que, ao todo, o estudo apontou 26 pontos onde serão instaladas as lombadas e 42 para furões. Serão atendidas 62 faixas de circulação pelas lombadas e os furões dos semáforos farão a cobertura de 89 faixas.

Vias monitoradas pelos radares móveis

1º de Maio, Antônio Ribeiro dos Santos, Belisário Ramos, Dom Pedro II, João Pedro Arruda, Juscelino Kubitschek (acesso norte), Luiz de Camões, Marechal Floriano e Santa Catarina (acesso Sul).

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: