Conecte-se a nós

Esportes

Clássico entre brasileiros e portugueses define liderança

Published

em

Durban, 25/06/2010, Correio Lageano


A Seleção Brasileira precisa de um empate com Portugal nesta sexta-feira para garantir o primeiro lugar do grupo G. O adversário na próxima fase ainda está indefinido, sendo que Chile, Suíça e Espanha têm boas chances de se classificar.

 


Dunga não se preocupa em escolher o rival das oitavas de final. “Estamos na Copa, então vamos jogar, fazer nossa parte e ver quem enfrentaremos. Mas pensamos mais na nossa parte, em fazer nosso trabalho”. O treinador revelou ter ficado chateado com a eliminação da anfitriã África do Sul, cujo técnico é Carlos Alberto Parreira, que comandou a Seleção Brasileira tetracampeã em 1994, da qual Dunga era o capitão.

 


“Recebi (a eliminação) com muita tristeza, porque a África do Sul é uma anfitriã muito boa, sempre recebeu bem o Brasil. Além disso, é treinada por um brasileiro que foi meu técnico. E para o país, para os torcedores, seria importante que se classificasse”.

 


A Seleção Brasileira terá Júlio Baptista no lugar do suspenso Kaká diante de Portugal, nesta sexta-feira, na última rodada do grupo G da Copa do Mundo. Já Elano será preservado e não jogará. O meio-campista deu piques fortes nas corridas em volta do campo pequeno do estádio Princess Magogo, em Durban, no treino desta quinta, mas teve sua ausência confirmada pouco depois pelo técnico Dunga.

 


“O Elano nós vamos preservar”, afirmou o treinador, durante a coletiva de imprensa. “O Júlio jogou na Copa América nessa função (de armador). O Kaká tem uma explosão que poucos têm, mas a gente ganha com o chute de longa distância, e o Júlio é integrado à equipe. Todos têm que ajudar para que ocorra da melhor maneira possível”, seguiu, falando sobre a alteração.

 


Com Dunga, Julio Baptista fez 11 partidas como titular, marcando 8 gols pela seleção. Ele fez um gol a cada 208 minutos em campo – para termos de comparação, Kaká fez um gol a cada 219 na era Dunga.

 


Na quarta-feira, no treino coletivo ainda em Johanesburgo, Dunga montou o time com Daniel Alves no lugar de Elano, lesionado após uma pancada sofrida no jogo contra a Costa do Marfim, domingo. Essa substituição, no entanto, Dunga ainda não quis confirmar. “Tem até amanhã (hoje) para decidir. A tendência é que Elano não jogue, tem que ver a evolução da lesão”, comentou, fugindo da pergunta sobre o substituto do meia e poucos minutos depois de confirmar que vai preservar Elano.

 

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: