Notícias

CL homenageia longevidade das empresas da Serra

Published

em

Foto: Susana Küster

Cinquenta e cinco empresas da Serra Catarinense foram homenageadas na noite de quinta-feira (28), no Serrano Tênis Clube, em Lages, ao receberem o troféu do Prêmio Empreendedor José Paschoal Baggio, cinco delas na categoria empresa destaque e as outras 50 pela maior arrecadação de ICMS adicionado, de acordo com ranking da Receita Estadual.

O aniversário de 80 anos de fundação do Correio Lageano motivou o tema da 21ª edição do prêmio: a longevidade empresarial. A diretora do jornal, Isabel Baggio, aproveitou para falar sobre as mudanças econômicas que a região enfrentou desde a primeira edição do Prêmio Empreendedor, no fim da década de 1990. Confira as fotos da noite.

“Diferentemente da primeira edição, hoje podemos ver no palco do Prêmio Empreendedor uma economia diversificada, com um crescimento interessante do agronegócio. O movimento da região vem nos consolidando como um polo econômico bastante importante”, comenta.

Esta edição foi uma homenagem à história das empresas que atravessaram décadas a fio e mantiveram-se de pé, alcançando, a cada ano, números mais positivos. O prêmio reforça a ideia de que o caminho para o desenvolvimento é o empreendedorismo. Por isso, homenageia empresas que estão produzindo, empregando e proporcionando o crescimento e o progresso para os municípios.

Além dos representantes das empresas homenageadas, o evento reuniu empresários e autoridades de diversas áreas. “Este é um evento tradicional, que já faz parte do calendário de Lages, e é também uma homenagem ao fundador do jornal, o saudoso José Paschoal Baggio. Quero cumprimentar a Isabel, ao Paulo [Baggio] e a todos os funcionários por essa trajetória de sucesso e que teve sempre como marco a elevação dos costumes da nossa gente e das tradições de Lages”, comenta o prefeito Antonio Ceron.

Para a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania), iniciativas como o Prêmio Empreendedor José Paschoal Baggio devem ser enaltecidas. “Esta premiação é um importante reconhecimento do Correio Lageano e do Instituto José Paschoal Baggio, às empresas que geram emprego e renda para a população da região serrana. É um reconhecimento muito importante para esta parcela da sociedade, porque o fluxo de trabalho dessas empresas, além de gerar emprego, gera também retorno de tributos, que podem ser investidos nas mais variadas áreas da nossa cidade e da nossa região.”

O senador catarinense Jorginho Mello (PL) ressalta a importância da premiação no fomento ao empreendedorismo. “Hoje, o Brasil precisa, mais do que nunca, de empreendedores para fazer a economia girar. As pessoas têm que acreditar que o Brasil vai dar certo, que as reformas que estão sendo feitas são para destravar o Brasil. Empreender é uma virtude”, completa.

Cerimônia conta com micro eventos

Além da entrega de troféus para as 55 empresas homenageadas, esta edição do Prêmio Empreendedor teve micro eventos durante a cerimônia. Após a homenagem principal, aconteceu a entrega oficial da obra de implementação do gasoduto em Lages, cuja ordem de serviço foi assinada na 19ª edição do Prêmio Empreendedor José Paschoal Baggio, em 2017.

“A SC Gás assumiu o compromisso de trazer um braço do gasoduto para a região, o que dá uma condição econômica mais adequada para as empresas. O uso do gás é economicamente mais viável para as empresas em geral, e a entrega desta obra acaba sendo mais um componente para reforçar a possibilidade de a economia ser mais diversificada, devido ao controle de gastos com algo tão importante como a energia consumida pelas empresas”, comenta Isabel Baggio.

A SCGás finalizou, em outubro, a primeira fase de implantação da rede local. O combustível chegará, inicialmente, através do modal gás natural comprimido (GNC), transportado em caminhões, será injetado na rede de distribuição da cidade. O objetivo desta obra é antecipar o fornecimento do gás natural no município, pois o gasoduto que atenderá à região serrana está em construção, com previsão para chegar a Lages em 2024.

O contrato da logística de abastecimento será assinado em dezembro e o fornecimento efetivo deve iniciar em abril do ano que vem. A vencedora do certame foi a distribuidora American Oil, que transportará o GNC a partir de sua base de compressão, em Indaial. Em Lages, a rede atenderá, inicialmente, a dois postos de combustíveis, além de comércios e condomínios residenciais.

Nesta primeira fase, a SCGÁS investiu cerca de R$ 7 milhões para implantação de aproximadamente 11 quilômetros de rede. A segunda fase de obras no município já tem autorização da Aresc para ser executada e a rede será ampliada conforme a demanda para atender novos mercados.

Berneck autoriza início da obra da unidade em Lages

Outro micro evento que integrou a solenidade da 21ª edição do Prêmio Empreendedor José Paschoal Baggio foi a entrega simbólica do contrato para a Construtora Viero, empresa de Erechim (RS), que será responsável pela construção civil da Berneck em Lages. Na oportunidade, o gerente institucional da Berneck, José Wolny de Souza, também falou sobre o cronograma de implantação e operação da indústria em Lages.

“A gente está em um evento bonito, bem frequentado, que dá destaque para a cidade e para a região, então, aproveitamos este momento para apresentar a Berneck ao público de empresários de Lages e falar do nosso cronograma de instalação e operação”, comenta Souza.

O cronograma da empresa prevê que a primeira chapa de MDF da nova indústria deve ser produzida entre maio e junho de 2021. “Estamos muito satisfeitos em ver Lages se desenvolvendo de maneira tão bonita, organizada e com uma visão estratégica”, completa.

Atividades comemoram os 80 anos do CL

As comemorações pelos 80 anos do Correio Lageano também integraram a solenidade desta edição do Prêmio Empreendedor. Uma das atividades em celebração a este marco foi uma homenagem ao fundador do Jornal, José Paschoal Baggio, que agora empresta seu nome para o elevado na BR-282, no cruzamento com a Avenida Duque de Caxias.

Na ocasião, o senador Jorginho Mello (PL) e a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania) entregaram ao filho de José Paschoal, o diretor da 101 FM, Paulo Baggio, uma placa em referência ao decreto número 13.891, de 18 de outubro de 2019, que dá nome ao elevado.

“A placa é uma homenagem ao seu Baggio, um empresário que sempre se preocupou com a comunicação; um empreendedor nato. Ao tempo dele, foi uma pessoa muito arrojada, por isso, estou fazendo essa homenagem”, comenta Jorginho.

“Esta placa leva o nome do nosso querido José Paschoal Baggio, esse empreendedor da comunicação, e isso é muito significativo. É um reconhecimento de Lages e da região serrana pela história do fundador do Correio Lageano, desse comunicador que teve a ousadia de ter um veículo impresso que se perpetua até hoje”, complementa Carmen.

Prêmio de Jornalismo

Outra atração paralela ao Prêmio Empreendedor foi o I Prêmio de Jornalismo do Correio Lageano, atividade que compõe as comemorações pelos 80 anos do jornal. Destinado aos profissionais da redação do CL, a premiação teve como objetivo integrar a equipe, promover a criatividade, a competitividade saudável e aguçar o senso crítico.

O concurso envolveu três categorias: texto, fotografia e vídeo. A jornalista Núbia Garcia conquistou o primeiro e o segundo lugares na categoria “Texto”, com as matérias “SUS é um dos mais completos do Mundo” e “Negra e da periferia, lageana se forma em Medicina”, respectivamente. O jornalista Adecir Morais foi o campeão nas categorias “Vídeo” – com um material sobre o protesto contra a Reforma da Previdência e os cortes na educação por parte do Governo Federal – e “Fotografia” – com uma imagem que retratou um dia de campo sobre pecuária, manejo de pastagem e melhoramento genético. A jornalista Susana Küster foi a segunda colocada na categoria “Fotografia”, com uma imagem que mostrava um bebê recém-nascido em uma incubadora, foto que ilustrou uma matéria sobre a importância do banco de leite do Hospital Tereza Ramos.

Os jornalistas que conquistaram a primeira colocação em cada categoria subiram ao palco para receber uma homenagem da diretora Isabel Baggio. “Tão importante quanto homenagear as pessoas que estão fora da empresa com o Prêmio Empreendedor, é importante reconhecer a competência e a qualidade dos nossos colaboradores. A gente quer mostrar que os nossos profissionais são competentes, que temos pessoas de Lages, formadas nas faculdades daqui, com qualidade para receber uma premiação dessa magnitude. Queremos comemorar com nossos clientes e leitores, mas também com as pessoas que se dedicam tanto ao trabalho de escrever, dia a dia, as páginas impressas e digitais do CL”, ressalta Isabel.

Sobre os jurados: Para lisura do I Prêmio de Jornalismo do Correio Lageano, os trabalhos dos jornalistas da redação foram julgados por uma comissão externa, composta pelos jornalistas: coordenadora do curso de Jornalismo da Unifacvest, Iria Baptista; o coordenador do curso de Jornalismo da Uniplac, Luiz Augusto Del Moura; o professor da Unisul, Laudelino Sardá; Tarcísio Poglia, que foi editor do CL entre 2012 e 2015; e o membro da diretoria da Associação Catarinense de Imprensa (ACI), Rogério Kiefer.

Núbia, que é repórter do CL desde 2010, destaca a importância da valorização do jornalismo profissional por meio da premiação. “Vivemos um período de descrédito do Jornalismo, especialmente com a crescente propagação de fake news. Reconhecer as iniciativas sérias, que valorizam a nossa sociedade e o empenho da nossa população em transformar a realidade ao seu redor, é algo muito valioso. As matérias com as quais fui premiada retratam dois temas ligados à saúde, mas com focos diferentes: a importância social do SUS e a valorização das identidades étnico raciais que criaram a identidade do povo serrano.”

Adecir Morais trabalha há quase 10 anos no CL. Para ele, o prêmio é uma forma de valorização do Jornalismo profissional e de qualidade. “A atividade, quando exercida com profissionalismo, ética e responsabilidade, reflete, consequentemente, as demandas e os anseios da coletividade.”

No que se refere ao fotojornalismo, o profissional entende que a imagem precisa conter não apenas conteúdo informativo, mas também elementos artísticos, como linhas, formas, tons, cores e perspectiva. “A foto que venceu o prêmio traz os chapéus usados pelas pessoas como elemento de destaque, isso valorizou a composição da imagem”, destacou.

Há 15 anos trabalhando no Correio Lageano, Susana Küster analisa que o prêmio de jornalismo valoriza os profissionais e seus trabalhos. Além disso, ela entende que é uma oportunidade de ser avaliada por pessoas da área, que não trabalham na redação, trazendo novos olhares para os materiais produzidos. “A matéria prima do Jornalismo são as pessoas. Desta forma, nosso trabalho precisa ser permeado pelo respeito, informar sem expor desnecessariamente. Foi com base nesses critérios que elaborei a imagem premiada. Felizmente, obtive êxito.”

Novos produtos

Para encerrar a noite, o Correio Lageano anunciou dois novos produtos relacionados à celebração pelos 80 anos da empresa. O mundo vive a explosão da era digital, por isso, as pessoas estão cada vez mais online. Pensando nisso, e olhando para as novas tendências do Jornalismo, o Correio Lageano, por meio do portal de notícias CLMais, lançou seu primeiro podcast, que leva o nome “Papo de Reportagem”.

Trata-se de um espaço pelo qual os ouvintes podem conhecer os bastidores das notícias veiculadas no jornal e no portal, ouvindo os relatos dos jornalistas do CL e convidados especiais. Além disso, o Correio Lageano também anunciou o aumento de sua presença nas redes digitais, com a criação de um grupo no Facebook, o “CL Comunidade”. Esse novo canal servirá para dar voz ao leitor/internauta e às pautas que desenvolvem a Serra Catarinense.

clique para comentar

Deixe uma resposta