Conecte-se a nós

Notícias

Cinco pessoas morrem em onda de ataques no sul da Tailândia

Published

em

Bangcoc, 13/06/2010, (EFE)

 

Pelo menos cinco pessoas morreram e outras 28 ficaram feridas em uma nova onda de ataques de insurgentes nas últimas 48 horas na região muçulmana do sul da Tailândia, informaram hoje fontes policiais.

 


Em Yala, capital da província de mesmo nome e cerca de 1.100 quilômetros ao sul de Bangcoc, quatro soldados sofreram ferimentos quando o veículo no qual patrulhavam foi hoje alcançado pela explosão de uma bomba colocada na estrada e ativado por controle remoto.

 


Este ataque, assinalou um porta-voz da delegacia regional de Polícia, foi seguido por outros dois com granadas de mão perpetrados ontem à noite contra restaurantes da cidade de Pattani, nos quais uma pessoa morreu e 24 ficaram feridas.

 


Também no sábado, quatro civis foram assassinados a tiros em diferentes atuações realizadas por militantes do movimento separatista nas três províncias de maioria muçulmana.
Os ataques com armas leves, assassinatos e atentados com explosivos se sucedem quase diariamente em Pattani, Narathiwat e Yala, apesar do desdobramento de 31 mil agentes das forças de segurança e à declaração do estado de exceção.

 


Cerca de 4.000 pessoas morreram por causa da violência no sul da Tailândia desde que em janeiro de 2004 o movimento separatista islâmico retomou a luta armada.

 


Os insurgentes denunciam a discriminação que sofrem por parte da maioria budista do país e exigem a criação de um Estado islâmico que integre estas três províncias, que configuraram o antigo sultanato de Pattani, anexado pela Tailândia há um século.

 

Foto: (EFE)

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: