Geral

Caso de meningite bacteriana é notificado em Lages

Published

em

Foto: Divulgação

Foi notificado um caso suspeito de meningite bacteriana, causada pela bactéria Neisseria Meningitis, em Lages. A paciente é uma criança que foi internada no Hospital Infantil Seara do Bem na manhã desta terça-feira (19). A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC), da Secretaria de Saúde de Santa Catarina informa que aguarda o resultados dos exames para confirmar o diagnóstico.

Segundo a diretoria, todas as medidas de prevenção foram tomadas assim que houve a suspeita do caso, conforme protocolo do Ministério da Saúde. A quimioprofilaxia, que é a administração de antibiótico capaz de prevenir a infecção, já foi iniciada nos contatos próximos ao paciente.

A Dive ainda esclarece que, em casos de suspeita de meningite bacteriana transmissível, o procedimento recomendado pelo Ministério é a administração de medicamentos apenas para as pessoas que, de fato, tiveram contato próximo com o paciente (beijo, compartilhamento de itens pessoais). Isso porque ela não é transmitida pelo ar.

A doença

A bactéria Neisseria Meningitis é transmitida por meio das vias respiratórias, no contato com secreções, gotículas do nariz e da garganta expelidas pela fala, tosse e espirro.

Desta forma, pessoas que frequentam um mesmo ambiente que uma pessoa doente, como escolas, por exemplo, mas não têm contato direto com o paciente não correm risco de desenvolver a doença.

Na população, há um grande número de pessoas que tem o causador deste tipo de meningite na garganta, mesmo sem ficar doente ou apresentar sintomas. Essas pessoas são chamadas de “portadores sãos” e transmitem a bactéria para outras pessoas pelo contato próximo e essas pessoas podem acabar desenvolvendo a doença.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com