Geral

Casas construídas em local de risco não serão mais permitidas

Published

em

Casa ficou destruída com o vendaval - Foto: Bega Godóy

Por orientação do Ministério Público, construções de casas em áreas irregulares (verde, de risco e de  preservação permanente) não serão mais liberadas, em Lages. A parceria entre o MP, secretarias de Habitação, de Planejamento e Obras e a Defesa Civil devem garantir que essa medida seja respeitada.

A diretora de Desenvolvimento Habitacional, Ana Rita Locateli reconhece que há na cidade muitas casas irregulares e, por essa razão, não haverá mais conivência.  “Após estudo do MP, vamos elaborar um cronograma para diminuir ou sanar esses problemas. Se deixar construir, insistiremos no erro”, explica.

Com o vendaval da terça-feira (11) passada dezenas de casas que estão em áreas de risco sofreram avarias. É o caso da dona Mara Aparecida da Silva, que teve sua casa atingida por uma árvore. A recicladora mora com o marido e três filhos pequenos, na rua Marechal Rondon, Bairro Conta Dinheiro.

A casa de duas peças foi construída na parte detrás do terreno. A residência da frente foi edificada pela Prefeitura de Lages há 10 anos e nunca foi reformada e, em função disso, precisou ser  interditada nesta semana pela Defesa Civil e carece de reparos.

Assim que as reformas forem realizadas, uma equipe técnica da Secretaria da Habitação e Defesa Civil podem liberá-la para habitação. Por enquanto, a família foi acolhida pela dona Itamira Melo Santos, que mora do outro lado da rua.

Mara pediu autorização para reconstruir a casa, mas foi negado pela Defesa Civil e pela Habitação. Segundo Ana Rita, a secretaria vai encaminhar a família para um local regularizado, sem risco. “Ela ficará na casa da vizinha provisoriamente”, resume.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com