Notícias

Carmen toma posse e promete continuar a lutar pela saúde pública

Published

em

Carmen durante posse na Câmara dos Deputados - Foto: Robson Gonçalves/Divulgação

Continuar defendendo uma saúde pública de qualidade é o que seguirá sendo uma das bandeiras de atuação da deputada federal Carmen Zanotto (PPS), empossada para mais quatro anos de mandato. Reeleita com mais 84 mil votos, a enfermeira tomou posse na sexta-feira (1), no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília.

“A saúde pública está longe de garantir o que está na Constituição Federal, então vamos continuar trabalhando para melhorar os serviços oferecidos à população, não apenas de Lages e região, como também de todo o Brasil”, declarou.

Ela disse que vai trabalhar para reduzir a fila de pacientes que esperam para fazer exames na Serra. Além disso, afirmou que lutará para construção de uma ala de psiquiatria infantil no Hospital Seara do Bem. Também quer o início das obras de ampliação do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. Os recursos para as obras já estão assegurados.

Em relação às pautas macros, a única representante serrana no Congresso declarou que vai trabalhar para a redução do desemprego e para fomentar a produção, medidas necessárias para o Brasil voltar a crescer. Dentro deste contexto, enxerga como prioritária a Reforma Tributária para o País.

Sobre a Reforma da Previdência, que nos próximos dias deve ser encaminhada à Câmara dos Deputados pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, ela declarou que é preciso conhecer a proposta antes de emitir qualquer posicionamento. “Temos que conhecer o texto antes e permitir um amplo debate da proposta”, disse.

Carmen tem se destacado como parlamentar. Por conta disso, no ano passado, ficou entre os 10 parlamentares mais atuantes do parlamento brasileiro, de acordo com avaliação do Congresso em Foco. Também apareceu na lista dos deputados mais influentes da Câmara Federal. “É difícil falar da gente, mas recebi essa notícia com muito respeito e zelo, o que aumenta nosso compromisso para fazer mais”, comentou.

Carmen revelou que pediu para atuar nas Comissões de Seguridade Social e Família, de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e das Pessoas com Deficiência e da Mulher e Mista do Orçamento.

Deputados federais de SC

  • Hélio Costa PRB 179.307 votos 5,06%
  • Daniel Freitas PSL 142.569 votos 4,02%
  • Professor Pedro Uczai PT 114.743 votos 3,24%
  • Caroline de Toni PSL 109.363 votos 3,08%
  • Geovânia de Sá PSDB 101.937 votos 2,87%
  • Carlos Chiodini MDB 97.613 votos 2,75%
  • Fabio Schiochet PSL 87.345 votos 2,46%
  • Angela Amin PP 86.189 votos 2,43%
  • Carmen Zanotto PPS 84.692 2,39%
  • Celso Maldaner MDB 80.086 votos 2,26%
  • Peninha MDB 76.925 votos 2,17%
  • Darci de Matos PSD 68.130 votos 1,92%
  • Ricardo Guidi PSD 61.830 1,74%
  • Coronel Armando PSL 60.069 votos 1,69%
  • Rodrigo Coelho PSB 43.314 votos 1,22%
  • Gilson Marques Novo 27.443 0,77%

Fonte: Câmara Federa

Marcius toma posse e fala sobre prioridades

O deputado estadual Marcius Machado (PR) tomou posse na sexta-feira (1), na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). Entre as promessas, afirmou que vai trabalhar para melhorar a infraestrutura dos municípios da Serra, lutar por melhorias na educação e pela unificação das eleições.

A solenidade de posse dos 40 deputados estaduais foi conduzida pelo deputado Romildo Titon (MDB), o mais idoso entre os parlamentares, conforme determina o regimento interno da Casa. Mais tarde, os novos deputados escolheram Julio Garcia (PSD), para presidir o parlamento catarinense.

Novato na Alesc e único representante da Serra no parlamento estadual, Marcius ainda se recupera de um acidente que sofreu no mês de janeiro. Andando com dificuldades até o microfone, ele fez o tradicional juramento e agradeceu a todos que o ajudaram na eleição.

“Pretendo iniciar o mandato como deve ser, mas caso sinta muitas dores e dificuldade que possam retardar minha recuperação, terei que aguardar até estar tudo certo”, disse ele, que ainda segue recomendações médicas e, por conta do acidente, cancelou sua agenda externa por 80 dias.

Eleito com mais de 30 mil votos, Marcius deverá presidir a Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia. Dentre as promessas, disse que, de imediato, vai cobrar do Governo do Estado, via moção, uma solução para o aparelho de ressonância magnética do Hospital Tereza Ramos que está quebrado há mais de um ano.

Também pretende lutar pela unificação das eleições. A ideia é que sejam realizadas a cada quatro ou cinco anos, unificando os pleitos para os poderes executivo e legislativo de todo o Brasil. Atualmente, são realizadas eleições a cada dois anos.

Segundo ele, a medida trará economia ao país. “Unificando as eleições estaremos economizando uma quantia de mais de R$ 2 bilhões. O projeto é possível como uma proposta de emenda à constituição federal, via proposições de mais da metade das assembleias legislativas”, explicou o deputado cientista político e ex-vereador de Lages.

O parlamentar também defenderá melhorias na área de educação, com foco na qualificação dos professores. Disse ainda que quer atuar visando à melhoria da infraestrutura urbana e industrial das cidades da Serra. Para tal, garantiu que vai destinar os R$ 6 milhões anuais de emendas parlamentares, que cada deputado estadual tem direito, para este setor.

Marcius Machado faz seu primeiro discurso durante a posse – Foto: Fabiano Coelho/Divulgação

Deputados estaduais

  • Ricado Alba (PSL), 33 anos, 62.762 votos
  • Luciane Carminatti (PT), 48 anos, 61.271 votos
  • Julio Garcia (PSD), 68 anos, 57.772 votos
  • Ismael (PSD), 53 anos, 54.165 votos
  • Paulinha (PDT), 43 anos, 51.739 votos
  • Cobalchini (MDB), 55 anos, 49.355 votos
  • Felipe Estevão (PSL), 29 anos, 47.390 votos
  • Sergio Motta (PRB), 50 anos, 45.181 votos
  • Coronel Mocellin (PSL), 55 anos, 45.086 votos
  • Fernando Krelling (MDB), 36 anos, 44.356 votos
  • De Nadal (MDB), 46 anos, 42.507 votos
  • Marlene Fengler (PSD), 50 anos, 41.684 votos
  • Volnei Weber (MDB), 52 anos, 41.353 votos
  • Dr. Vicente Caropreso (PSDB), 62 anos, 40.132 votos
  • Kennedy Nunes (PSD), 48 anos, 39.352 votos
  • Zé Milton (PP), 58 anos, 39.196 votos
  • Jerry do Aldo (MDB), 43 anos, 39.131 votos
  • Neodi Saretta (PT), 54 anos, 39.036
  • Jair Miotto (PSC), 48 anos, 38.554 votos
  • Laércio Schuster (PSB), 43 anos, 36.923 votos
  • Milton Hobus (PSD), 60 anos, 36.821 votos
  • Vampiro – Luiz Fernando (MDB), 44 anos, 36.747 votos
  • Marcos Vieira (PSDB), 65 anos, 35.423 votos
  • Padre Pedro (PT), 61 anos, 35.184 votos
  • Sargento Lima (PSL), 46 anos, 35.053 votos
  • Ana Caroline Campagnolo (PSL), 27 anos, 34.825 votos
  • Moacir Sopelsa (MDB), 72 anos, 34.722 votos
  • Ada Faraco de Luca  (MDB), 65 anos, 34.501 votos
  • Nazareno Martins (PSB), 68 anos, 34.395 votos
  • Titon (MDB), 64 anos, 34.350 votos
  • Bruno Souza (PSB), 34 anos, 32.512 votos
  • Jessé Lopes (PSL), 36 anos, 31.595 votos
  • João Amin  (PP), 38 anos, 31.396 votos
  • Altair Silva  (PP), 52 anos, 30.497 votos
  • Marcius Machado (PR), 39 anos, 30.277 votos
  • Berlanda (PR), 56 anos, 28.975 votos
  • Rodrigo Minotto (PDT), 45 anos, 26.623 votos
  • Mauricio Eskudlark (PR), 60 anos, 26.333 votos
  • Fabiano da Luz (PT), 44 anos, 18.474 votos
  • Ivan Naatz (PV), 51 anos, 14.685 votos
clique para comentar

Deixe uma resposta