Geral

Câmara de Vereadores faz sua primeira sessão do ano

Published

em

A primeira sessão da Câmara de Vereadores de Lages aconteceu nesta segunda-feira e teve o plenário cheio pela comunidade, presidentes de associações de moradores e políticos. O presidente da Casa Legislativa, Vone Scheuermann (MDB), disse em entrevista que pretende fazer um ano de trabalhos nem melhor e nem pior do que outros presidentes. Ele disse que quer uma aproximação com as igrejas católicas e evangélicas, comunidade em geral e presidentes de bairros para mostrar o trabalho dos vereadores. “O brasileiro tem que ver para crer, então queremos fazer uma aproximação mais direta, trazendo os problemas para a Câmara e levando para o Executivo”.

O primeiro a discursar no plenário foi o prefeito Antonio Ceron que explanou sobre diversos assuntos. Para mostrar que a prefeitura está economizando, Ceron divulgou vários números. Entre eles, a redução de cargos comissionados de 428 para 299, secretarias de 21 para 11, e o quadro de servidores, que diminuiu cerca de 500 pessoas.

O prefeito lamentou muito o deficit do LagesPrevi que aumenta a cada ano com expectativa de alcançar R$ 27 milhões neste ano e R$ 35 milhões, em 2020, pois no ano passado chegou a 20,8 milhões. “Esse dinheiro poderia atender várias demandas da comunidade solicitadas pelos senhores vereadores”.

Na ordem do dia, vários vereadores falaram. David Moro (MDB) requereu informações da Secretaria do Meio Ambiente sobre incinerações feitas no campus do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV). Amarildo Farias (PT), Osni Freitas (PDT), Jair Junior (PSD), Bruno Hartmann (PSDB), Vone Scheurmann (MDB), Thiago de Oliveira (MDB) e Ivanildo Pereira (PR), pediram informações a respeito da arrecadação da Semasa.

David Moro (MDB) sugeriu que o espaço nas paredes dos viadutos sejam liberados para expressões de arte com o objetivo de retratar monumentos e pontos turísticos de Lages. Em alguns destes viadutos, pichações já são vistas.

João Maria Chagas (PSC) solicitou que seja instalado ar condicionado em parte da frota do transporte público do município. Nos dias quentes que têm ocorrido nesta época, isso seria um alívio para os passageiros.

Jean Pierre (PSD) pediu a realização de uma audiência pública com o tema ciclovia compartilhada. O assunto veio à tona devido faixas colocadas pela Diretran, na ciclovia da Avenida Duque de Caxias proibindo que pedestres ou pessoas andando com skate, patins e outros tipos de objetos utilizem a pista.

O vereador Mauricio Batalha Machado (PPS) pediu que seja intensificado o patrulhamento no Loteamento Nova Lages para coibir infrações de trânsito, furtos e danos ao patrimônio público e privado.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com