Notícias

BR-282 foi a que mais registrou mortes em 2018

Published

em

PRF registrou o segundo menor número de mortes em 23 anos - Foto: PRF/ Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez balanço dos acidentes registrados em 2018 nas rodovias federais de Santa Catarina e o resultado deixou os policiais entusiasmados. Foram 8.478 acidentes, nos quais 9.240 pessoas ficaram feridas e 387 perderam a vida no local da ocorrência. A rodovia com mais acidentes registrados foi a BR-101. No entanto, o maior número de mortes aconteceu na BR-282.

Ainda de acordo com os dados, se comparados os números de 2018 com o ano anterior, verificou-se diminuição no total de acidentes (-20,5%) e no número de feridos (-5,3%). Contudo, o número de vítimas fatais registrou aumento de 1,6%, ficando muito próximo à estabilidade, mesmo diante do aumento da frota de veículos em circulação, tanto estadual quanto nacional. É o segundo menor número de mortes em 23 anos de levantamento em rodovias federais no Estado.

Para se ter uma ideia, em 1998 a frota nacional era de 24,4 milhões e a estadual 1,3 milhão. Dez anos depois, os números nacionais de carros circulando em rodovias e BRs pulou para 100,1 milhões de unidades e aqui no Estado para 5 milhões.

No que se refere aos acidentes, em 1998 foram registrados 11.493, sendo 6.266 feridos e 535 mortos. Ano passado, o registo de acidentes chegou a 8.478 (-20,5%), com 9.240 feridos (-9.240%), e 387 vítimas fatais (+1,6).   

Acidentes em 2018

Local Acidentes Feridos leves Feridos graves Mortos
BR-101 4.003 3.390 731 106
BR-282 1.516 1.293 339 107
BR-470 1.496 1.411 430 97
BR-280 782 748 223 33
BR-116 362 268 77 27
BR-163 140 109 21 6
BR-153 93 80 34 6
BR-158 43 30 13 4
BR-480 43 26 17 1
TOTAL 8.478 7.355 1.885 387

Fonte: Sistema de Informações Gerenciais – SIGER

Registro de ocorrências pela internet

Sobre o número de acidentes, é preciso esclarecer que desde julho de 2015, ocorrências sem vítimas e com pequenos danos materiais também podem ser registradas pelo próprio usuário por meio da internet (Declaração de Acidente de Trânsito Eletrônica – EDAT). Estas declarações não entram na totalização apresentada no balanço.

Fonte: Detran/SC e Denatran

clique para comentar

Deixe uma resposta