Conecte-se a nós

Negócios

Audiência discute implantação de ferrovias em Santa Catarina

Published

em

Lages, 11/06/2010, Correio Lageano

 


A Frente Parlamentar das Ferrovias promoveu ontem às 19h30min, no auditório da Câmara de Vereadores de Lages, uma audiência pública para discutir o andamento de projetos ferroviários que abrangem a Serra Catarinense.

 


No evento foram discutidos detalhes do projeto técnico da Ferrovia da Integração, que será publicado na próxima semana.

 


O anúncio dos primeiros editais foi feito na última segunda-feira (7) pelo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, durante sua visita no Oeste do estado. Um dos editais é para a contratação do estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental do trecho Chapecó/São Miguel do Oeste/Dionísio Cerqueira, enquanto o outro é para a contratação do projeto executivo de engenharia entre Chapecó e Itajaí.

 


A Ferrovia da Integração ligará Itajaí a Dionísio Cerqueira, passando por Chapecó e São Miguel do Oeste, num trecho de cerca de 700 quilômetros. Segundo o presidente da Frente Parlamentar, Pedro Uczai, cerca de R$ 85 milhões já estão assegurados para a elaboração do projeto técnico da obra, incluído neste mês no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), do Governo Federal.

 


Além da ferrovia da Integração, também foi discutida a ferrovia Ferro Sul que ligará os Estados de Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e a modernização e a reativação da ferrovia do Contestado.

 


As audiências já foram realizadas em todas as cidades onde a Rodovia da Integração vai percorrer. Agora, as audiências estão sendo realizadas nos municípios vizinhos à via.

 

Cargas e passageiros

 

Durante a audiência o deputado Pedro Uczai falou dos benefícios da Ferrovia. Ele defende que o transporte é ágil, barato e não compete com o transporte rodoviário. Para que todos estes benefícios sejam alcançados ele destaca que é necessário que as ferrovias sejam modernas.

 

Além do transporte de todo o tipo de carga como produção agrícola, materiais de construção, produtos industriais,    as ferrovias também poderão ser utilizadas para o transporte de passageiros e de turistas. Uczai garante que o transporte não é antigo, e que a China no ano passado foi o país que mais investiu na construção e modernização das ferrovias. “Não é possível imaginar o desenvolvimento somente pelas rodovias”, conclui.

 

Fotos: Deise Ribeiro

Compartilhe

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais