Esportes

Atlântico fica com a taça de campeão da 1ª Copa Na Geral de Futsal

Published

em

Jogadores do Atlântico comemoram o título na quadra do Ivo Silveira - Foto: Bruna Almeida/Divulgação

A equipe do Atlântico Lages ficou com o título de campeão da 1ª Copa Na Geral de Futsal. Diante do ginásio Ivo Silveira lotado, a equipe faturou o caneco em cima do Lages Futsal, na prorrogação, após empate em 3 a 3 no tempo normal. A decisão ficou marcada pelo equilíbrio e por jogadas bonitas.

O Atlântico levou à quadra uma mescla de juventude e experiência. Na equipe estavam nomes conhecidos do esporte amador de Lages, como Keketi, Daniel, Bexiga, Tio Zé, Ivan e Rodrigão – este último foi o artilheiro da competição, com 13 gols. Já o Lages Futsal jogou a final, basicamente, com a equipe que vai disputar o Estadual Adulto.

O Lages saiu na frente do placar com Antonio, ainda no primeiro tempo, com um tiro livre direto. No início do segundo tempo, Ivan saiu do banco de reservas para empatar o confronto.

Dentinho, que negocia com o Lages para jogar o Estadual, desempatou a partida em seguida. Mas o Atlântico não deixou por menos e novamente empatou o duelo com Ivan, que marcou seu segundo gol da partida, e virou para 3 a 2 com Bexiga, após cobrança de falta.

O gol mais bonito da noite foi do jogador Leozinho, do Lages. O menino, que vai jogar para Criciúma nesta temporada, fez uma cavadinha encobrindo o goleiro do atlântico, fazendo o público ir ao delírio e deixando novamente o placar tudo igual: 3 a 3. Com o empate no tempo normal, a decisão foi para a prorrogação.

O artilheiro decide

Na prorrogação, o Atlântico saiu na frente com Gui, que aproveitou um erro de saída de bola da equipe adversária e fuzilou o gol de Vinícius. Mas Macalé tratou de empatar o duelo na sequência.

Ele recebeu um cruzamento na direita e balançou a rede do Atlântico. E coube à Rodrigão, o artilheiro do torneio, anotar o tento decisivo da decisão. Ele escapou da marcação e deu um toque para tirar do goleiro do Lages, dando os números finais à partida.

Jogador e um dos líderes do Atlântico, Padre diz que o apoio da torcida foi fundamental para a equipe conquistar o título. “Cerca de 70% dos ginásio nos apoiou. Conseguimos criar uma atmosfera muito grande para jogar de igual para igual com o Lages Futsal, um time que disputa o Estadual. O campeonato foi muito difícil. Vencemos o terceiro campeonato seguido e agora e se preparar para os próximos desafios”, avalia Padre.

Além do título de campeão e emplacar o artilheiro do torneio, o Atlântico também levou o troféu de goleiro menos vazado, que ficou com o Leo. O terceiro lugar da Copa ficou com a Creche Tia Bira, que venceu o Soberano PUB por 2 a 0 em partida realizada antes da final, que aconteceu na noite de quinta-feira (30).

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com