Geral

Ameaça na escola Zulmira é fake news

Published

em

Foto: Marcela Ramos

Após circular uma mensagem nas redes sociais que um aluno da Escola de Educação Básica Zulmira Auta da Silva, de Lages, iria cometer uma chacina, o Correio Lageano foi até o colégio para compreender a situação, mas a direção não quis dar entrevista, alegando estar muito ocupada com o caso.

A postagem constava a seguinte mensagem: “Por favor, não deixem ninguém ir para a escola amanhã, não é nenhuma brincadeira, é caso sério, um menino da nossa sala quer fazer uma chacina, não podemos deixar ninguém chegar lá.”  Conforme a vigilante da escola, a situação está sob controle, e os pais que tiverem dúvidas, podem ligar ou ir até a escola. O agente policial que estava no local relatou que estavam apurando a situação, e que o caso não passa de boato. 

Após isso, entramos em contato com o Conselho Tutelar de Lages, e a conselheira que esteve no local, Vera Lúcia Fernandes, informou que “foi apenas fake news, mesmo sendo uma mentira a situação foi acompanhada, e está tudo resolvido.” 

Também por meio de uma ligação, falamos com a diretora da escola,  Elisângela Ávila, que afirmou que a situação não passava de boato que se espalhou nas redes sociais e gerou repercussão. “Está tudo tranquilo e controlado, já conversamos com a Polícia Civil e Militar, as aulas seguem normais hoje.”

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com