Conecte-se a nós

Notícias

Água parada causa mau cheiro

Published

em

Secretário Euclides Mecabô e o morador Aldo observam a água acumulada - Foto: Adecir Morais

Moradores dos Loteamentos Jardim Cepar e Panorâmico, em Lages, estão incomodados com uma água parada às margens dos trilhos do trem, que fica entre as localidades, no viaduto da BR-282. O problema atinge cerca de 100 metros de extensão ao lado da linha férrea e está causando transtornos a comunidade.

O aposentado Aldo Esmério de Oliveira, de 65 anos, é morador da região. Ele conta que a água parada começou a exalar mau cheiro há cerca de uma semana. “O odor é muito forte, principalmente quando o sol esquenta”, revela.

A moradora Jane Prado, que reside no Jardim Panorâmico e passa diariamente nas proximidades do viaduto, também está incomodada com a situação, e cobra uma solução para o problema. “Além do mau cheiro, no local tem muito lixo”, reclama.

O temor deles é que a água parada sirva de criadouro de pernilongos e até de outro mosquito que possa transmitir doenças, como o Aedes aegypti, transmissor da dengue. Por isso, eles pedem que as autoridades tomem uma providência

A reportagem do Correio Lageano esteve no local na última sexta-feira (7), acompanhada do secretário de Meio Ambiente, Euclides Mecabô, para verificar de perto a situação. No local, foi constatado que parte da água parada pode ser esgoto de residências da região.

Mecabô explicou que, no início da semana, vai solicitar que uma equipe da Secretaria de Águas e Saneamento (Semasa) – responsável pelo esgoto sanitário da cidade -, vá ao local para tomar as providências necessárias.

Num primeiro instante, ele declarou que a limpeza de uma rede de esgoto, que passa pelo local, resolverá a situação. “Uma limpeza na tubulação vai melhorar o escoamento da água e resolverá a situação”, afirmou. Ele disse que não há a necessidade de acionar a empresa responsável pela ferrovia.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta