Conecte-se a nós

Entretenimento

Você sofre com a falta de atenção?

Published

em

Falta de atenção. Crédito: Agnes Samantha

Quando falamos em falta de atenção, logo pensamos em algum transtorno, como o deficit de atenção. Porém, hoje em dia, muitas pessoas sofrem do problema, em casa, no trabalho, na escola sem ter o diagnóstico.

Atualmente, com toda tecnologia presente em nossas vidas, não é preciso muito para perder a atenção no que se está fazendo. Isso se deve, também, porque muito se faz de forma desmotivada.

Na sala de aula, por exemplo, uma criança pode apresentar o transtorno de deficit de atenção, mas é possível observar que outro grande grupo vai apresentar problemas para se concentrar nas tarefas. Isso se deve, segundo Clécio Carlos Gomes, psicólogo e psicopatologista, ao modo de ensino arcaico que faz com que os alunos não tenham interesse. Isso acontece também com o público adulto. Muitos trabalham em funções que não são de seu agrado. Deste modo, não ficam atentos a ela como deveriam.

A atenção é o valor dado para, então, buscar reter a informação. “Nas últimas décadas, os valores têm se invertido, a cultura é de um intenso processo descartável. A questão tecnológica simboliza que o que não é interessante, pode ser deletado,” comenta ele.

Clécio Carlos Gomes – Psicólogo

A tecnologia veio para agregar os seres humanos, assim como o uso das redes sociais deveria aproximar e, certa forma, vêm afastando as pessoas. A sociedade saiu de um universo amplo de desenvolvimento de crianças e adultos e foi para uma forma bitolada, dentro de caixas. Existem pessoas que vivem apenas o mundo virtual, em vídeogames, celulares, tablets, reduzindo a vida afetiva real.

 

Exercite sua concentração

 

Sem os mesmos costumes antigos, as brincadeiras de pega-pega, queimada ou esconde-esconde, que basicamente sumiram, as crianças estão crescendo e tornando-se seres restritos.

Segundo o educar físico e professor de escolinhas de futebol Eder Marques Burigo, mais de 70% dos pais optam por colocar seus filhos na escolinha de futebol onde trabalha, para que desenvolvam as atividades físicas e saiam da frente do computador.

A escola do Grêmio de Lages, a Let’s Gol, atende crianças de 5 a 15 anos, e um dos grandes problemas, segundo o treinador, é a concentração. “Muitas vezes preciso chamar a atenção para o início do treino, pois eles estão entretidos no celular e não percebem a movimentação,” comenta Eder.

Eder Burigo Marques – Professor

A tecnologia, segundo ele, é um dos grandes fatores para a desatenção. Ela vem para ajudar, mas utilizada em excesso, prejudica.

Para as aulas também são utilizadas atividades recreativas antigas, como o bicho-pega, que muitos dos alunos nunca haviam desenvolvido, nem mesmo na escola.

Alguns pais relatam a mudança no comportamento dos filhos com a prática da atividade física. Um dos alunos, por exemplo, está na escola há 2 anos e neste período deixou de usar bombinha, emagreceu 12 quilos e teve um ganho nas atividades escolares.

Não só as crianças como adultos precisam mudar seus hábitos diários para ganharem em suas atividades. “As pessoas precisam resgatar o princípio da felicidade, trabalhar para se sentirem realizadas e não apenas serem competitivas, não somente viverem para agradar os outros,” indica Clécio Gomes.

Muitas vezes, pelas preocupações, cansaço, estresse e excesso de informações, muitas pessoas podem ter dificuldade para manter a mente focada nas tarefas do dia a dia.

 

Algumas dicas que podem auxiliar na sua concentração

 

>>Faça uma coisa de cada vez

>>Mantenha a organização

>>Priorize o que está fazendo

>>Planeje seu dia

>>Faça pausas entre as atividades

>>Esteja motivado

>>Tenha Inteligência Emocional

 

Deficit de atenção

O transtorno de déficit de atenção com hiperatividade (TDAH) é um transtorno de base orgânica. Caracteriza-se por comportamentos notáveis a partir da infância como, distração, hiperatividade, desorganização e esquecimento.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: