Conecte-se a nós

Notícias

Vítimas identificam suspeitos de estupros

Published

em

Um foi identificado como 'Serial Estuprador’, usava perfil falso nas redes sociais - Fotos: Patrícia Vieira

Policiais civis da Delegacia de Proteção À Criança, Adolescente,  Mulher e Idoso de Lages cumpriram mandados de prisão preventiva contra três homens suspeitos de estupro. Um deles, identificado como Carlos Adilson Mattos da Silva, de 23 anos, foi preso no domingo (11) no Bairro Pró-Morar, em Lages. Três mulheres que foram vítimas, identificaram o homem como o autor do crime. No segundo caso a adolescente também identificou os dois irmãos como os autores do estupro.

De acordo com delegado responsável pela Delegacia da Mulher, Frederico Cezar de Melo e Silva, Carlos é casado e pai de dois filhos. O suspeito também é viciado em jogos eletrônicos, o que teria contribuído com a ideia de usar perfis falsos nas redes sociais para atrair as vítimas com proposta de emprego de babá.

Ainda conforme o delegado, o autor seria um ‘Serial Estuprador’, o criminoso utilizava pelo mensos quatro perfis falsos no Facebook. O salário oferecido para o suposto emprego era em torno de R$1.200 a R$1.400. Os casos estavam acontecendo desde 2017 e também em 2018. A polícia chegou a Carlos, através de denúncias de vítimas. Ao ser preso ele confessou o crime.

Ainda de acordo com o delegado, o agressor disse que marcava o local na cidade para encontrar as vítimas, e que elas seriam conduzidas por um motociclista até a referida Chácara. Como se passava por mulher, era ele quem encontrava as garotas, e as levava de moto. Porém durante o percurso, na já na área rural de Lages, simulava que o veículo estava com defeito. Instante em que ameaçava as vítimas de morte com facas e praticava o ato de violência sexual.

O policial comenta que, além das três vítimas que denunciaram o agressor, suspeita-se que existam outras vítimas do autor do crime. E que podem comparecer à Delegacia da Mulher para denunciar.

Irmãos são presos por estupro a adolescente

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dois irmãos também foram presos pelo crime de estupro a uma adolescente de 16 anos. Os suspeitos foram identificados como M.A.L, de 22 anos e T.A.L de 27 anos. Um deles é morador do Bairro Petrópolis, onde a jovem foi abordada no dia 25 de fevereiro. Ela foi levada em um carro e estuprada pelos dois homens.

De acordo com o delegado Rochell Amaral da Silva, como a adolescente ficou desacordada, não consegue especificar onde ocorreu o crime. Após a agressão foi deixada na casa de um deles no Petrópolis, de onde conseguiu fugir. A vítima fez a denúncia no dia seguinte. A partir de então foram iniciadas as investigações e identificados os suspeitos, que foram reconhecidos pela vítima.

Os suspeitos estão sendo interrogados. E após serão levados ao presídio Regional de Lages. Se condenados poderão pegar de seis a 10 anos de reclusão por cada crime.  A identidade dos suspeitos não foi divulgada e pedido do delegado titular da Delegacia da Mulher,  responsável pelas investigações.

Rochell fala sobre as investigações e prisões. Assista

 

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: