Conecte-se a nós

Notícias

Vacinação contra a febre amarela continua em Lages

Published

em

Do início do ano até o dia 1º de março, Santa Catarina já somou 28 casos suspeitos de febre amarela. Desses, 21 foram descartados, seis permanecem em investigação, aguardando resultado laboratorial e um óbito foi confirmado.

A vítima era moradora de Gaspar, com histórico de viagem para o município de Mairiporã/SP. As informações são da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive-SC).

Dos seis casos em investigação em Santa Catarina, quatro tiveram histórico de deslocamento para Áreas Com Recomendação de Vacina nos 15 dias antes do início dos sintomas. Sobre os demais, ainda não se tem informação quanto a deslocamentos.

Ainda de acordo com a Dive, desses casos que estão em análise, quatro pacientes moram em municípios em Área Sem Recomendação de Vacina (Joinville, Florianópolis e São José) e dois em Lages, que está na Área com Recomendação de Vacina dentro do Estado.

Na Serra Catarinense, ao todo, foram notificados seis casos de febre amarela, sendo um no município de São Joaquim e outro em Correia Pinto, ambos descartados após exame.  Lages teve quatro registros, três suspeitas foram descartadas, e uma segue em análise.

De acordo a secretária municipal de Saúde, Odila Waldrich, desde 2008, a vacina contra a febre amarela faz parte do calendário básico de vacinação da criança e do adulto, em Lages. Precisam ser vacinados contra a doença, adultos e crianças a partir de 9 meses. Maiores de 60 anos devem consultar seus médicos.

Os quatro casos suspeitos registrados na cidade, foram em pacientes que viajaram para outras cidades ou Estados, o que caracteriza como sendo um caso importado. “É importante que as pessoas procurem pela imunização que está disponível durante todo o ano, principalmente quem viaja. O indicado é tomar a vacina pelo menos 10 dias antes da viagem” orienta.

De acordo com a Dive, em Santa Catarina devem ser imunizados todos os moradores e quem viajará para um dos 162 municípios que fazem parte da área com recomendação de vacina no Estado.

No Brasil

Segundo o último boletim do Ministério da Saúde, de 1º de julho do ano passado a 28 de fevereiro deste ano, 723 casos de febre amarela foram confirmados no país, dos quais 238 acabaram em morte. Ao todo, foram notificados 2.867 casos suspeitos, sendo que 1.359 foram descartados e 785 permanecem em investigação, neste período.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: