Conecte-se a nós

Notícias

Unidade de Saúde do Sagrado e São Cristóvão ensina técnica da shantala para bebês

Published

em

Foto: Divulgação

Na busca pela qualidade dos serviços oferecidos à comunidade, a equipe de profissionais atuante na Unidade Básica de Saúde (UBS) Sagrado Coração de Jesus e São Cristóvão tem implantado inúmeras práticas que visam estreitar os laços com os pacientes e usuários. Com duas grandes áreas de abrangência, a Unidade atende cerca de seis mil pacientes, moradores da região.

A gestora da Unidade, Bianca Camargo da Silva, aponta que além do atendimento interno, realizado diariamente na UBS, o trabalho permanente de prevenção de doenças e promoção da saúde, realizado pelas Agentes Comunitárias de Saúde (ACSs), também permite identificar importantes demandas.

E foi com esse olhar e sensibilidade que a agente de saúde e fisioterapeuta, Karen Daiane Neto, propôs a criação de um grupo para atender mães, pais e bebês, ao observar o aumento do número de gestantes e puérperas atendidas na UBS. “Elas relatavam inúmeras dúvidas em relação aos primeiros meses de vida. Como havia essa necessidade na comunidade, eu me propus a colaborar com a minha formação em fisioterapia para as atividades do grupo”, explica Karen.

No primeiro encontro do grupo, um curso de shantala para bebês reuniu 18 mamães e um papai. Eduardo Henrique Felisberto conta que, apesar da certa surpresa causada por ser o único homem entre as mulheres, ficou muito à vontade em acompanhar o filho, Henrique Soethe Felisberto, de seis meses.

Algo muito natural para ele, que desde a descoberta da gestação da esposa tem presenciado toda a evolução do bebê, e realizou inclusive o pré-natal masculino. Para Eduardo, “a própria unidade é um estímulo para esse envolvimento dos pais. Tem até um cartaz na área de espera do atendimento destacando a importância do acompanhamento dos pais”.

Em novembro do ano passado, dois meses após o nascimento do filho, Eduardo, que é professor, sofreu um acidente de moto no percurso para o trabalho. Apesar do susto e dos ferimentos, o acontecimento permitiu auxiliar a esposa nos primeiros cuidados e uma aproximação ainda maior com o bebê.

Nessa fase, Eduardo pôde presenciar que a fase do pós-parto é um momento delicado para a mãe e estar junto assegurou mais tranquilidade no período de amamentação e interação entre mãe e bebê.

Além de aumentar o vínculo entre pais e filhos a shantala, uma técnica de massagem indiana difundida no Brasil a partir do final da década de 1970, apresenta excelentes resultados no alívio de cólicas, refluxo, desenvolvimento motor, fluxo intestinal e melhora na qualidade do sono.

O curso aconteceu no salão de festas da Igreja São Cristóvão e durou cerca de uma hora e meia. Os participantes receberam uma apostila com o passo a passo dos principais movimentos. “O Henrique adora receber a massagem antes do banho. Relaxa e o sono até melhorou”, comenta o pai Eduardo.

De acordo com a gestora Bianca, nos próximos encontros outros temas devem ser abordados como amamentação, alimentação e saúde bucal. Se houver demanda por parte da comunidade, o curso de shantala poderá ser ofertado novamente.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: