Conecte-se a nós

Notícias

Uma kombi e mais de três mil quilômetros de sonhos realizados

Published

em

Roger e Felipe estão desde quinta-feira na cidade - Fotos: Vinicius Prado

Amigos desde o 7 anos de idade, Roger Reggiani e Felipe Sobral sempre foram muito aventureiros, mas nunca imaginaram que uma Kombi os levaria a mais de três mil quilômetros de casa. Muito menos a Lages. Um sonho que começou no dia 27 de dezembro do ano passado, e completou 40 dias de estrada e muitos cortes de cabelo.

Os dois trabalham como barbeiros, há quatro anos, em uma barbearia de Campo Grande (MS), cidade onde moram. A ideia surgiu da vontade de se aventurar e sentir na pele como é ter essa vida de viajante.

A diferença é que, em vez de somente contarem com a ajuda de moradores das cidades por onde passam, os dois chegam, estacionam a kombi, tiram as cadeiras, os aparatos, o banner de divulgação e começam a oferecer – e fazer – os cortes.

Um serviço diferente, afinal não utilizam espelhos e o cliente confia nas mãos desses profissionais. Eles contam que um senhor ficou receoso de cortar, numa das paradas, mas acabou cedendo. Ao ver o resultado, elogiou o trabalho da dupla de amigos, ressaltando que ficou melhor que o corte de seu barbeiro de longa data.

O valor ganho com esse trabalho é o que sustenta a viagem. Reggiani conta que tem dias que é preciso contar as moedinhas, e em outros, já possível aproveitar um bom “rango”. Em Campo Grande, trabalham na barbearia do irmão de Reggiani, o Renan, onde têm certa estabilidade. Inclusive, o irmão e outros familiares da dupla apoiaram a iniciativa.

Isso motivou Roger a despender seu tempo nas modificações da kombi. Desde que começou a trabalhar como barbeiro, praticamente toda sua renda ia para o veículo. Com o auxílio do pai, conseguiu fazer as alterações necessárias que, hoje, dão a segurança e certo conforto para realizar essa aventura.

E, por mais antigo que o veículo seja (de 1974) e as marcas na lataria revelem o tempo de estrada, não tiveram nenhum problema.

Lages

Roger e Felipe estão desde quinta-feira (08) na cidade. O Correio Lageano, além de conversar com eles, apresentou o Parque Jonas Ramos, onde eles pretendem ficar nos próximos dias. Na página deles, Barberage na Kombi, é possível acompanhar as paradas e experiências que a dupla teve, desde que saíram de casa.

Uma experiência que serviu de referência

A viagem tinha como intenção seguir até o Uruguai, mas nesse tempo, eles perceberam que ficaria difícil se sustentar e não haveria tempo hábil para retornar a Campo Grande. Além disso, o irmão de Roger disse que seria melhor fazer um teste e, se fosse isso mesmo que eles quisessem, teriam de se preparar melhor para uma viagem mais longa.

Por isso, daqui, eles pretendem iniciar o caminho de volta para casa. Mas ressaltam que o teste foi positivo e que pretendem retomar a viagem, equipando ainda mais a Kombi, podendo, quem sabe, conhecer outras regiões do Brasil e até a América do Sul.

Histórias

Mas a aventura já foi suficiente para conhecer histórias e pessoas. Eles contam que um dia combinaram de encontrar um casal de viajantes que também está de Kombi. Foram muitos desencontros na região de Garopaba (SC), mas no dia seguinte, numa coincidência, encontraram essas pessoas.

Amigos

Amigos como este casal, é o que os dois mais vão levar de aprendizado. Tiveram muita ajuda nesses três mil quilômetros. Ao anunciar a vinda para Lages, num grupo de compra e venda do Facebook, tiveram mais de 900 reações e diversos comentários, muitos deles prestando auxílio.

Trajeto

Eles passaram por dezenas de cidades. Confira as principais paradas dos amigos

  • Dracena (SP)
  • Apucarana (PR)
  • Guarapuava (PR)
  • Guaratuba (PR)
  • Ilha do Mel (PR)
  • Florianópolis (SC)
  • Palhoça – Guarda do Embaú (SC)
  • Garopaba (SC)
  • Tubarão (SC)
  • Laguna – Farol de Santa Marta (SC)
  • Bom Jardim da Serra – Serra do Rio do Rastro (SC)
  • São Joaquim (SC)
  • Lages (SC)
Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: