Conecte-se a nós

Negócios

Tráfego aéreo volta em maio ao nível pré-crise

Published

em

Genebra, 29/06/2010, (EFE)
 

O tráfego aéreo de passageiros registrou crescimento anualizado em maio 11,7% e ultrapassou os níveis anteriores a crise, informou nesta terça-feira a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata).

 

"A demanda rebateu fortemente em maio após o fiasco que representou o impacto do vulcão islandês em abril", destacou o diretor-geral e executivo-chefe da Iata, Giovanni Bisignani.

 

Conforme ele, "o tráfego de passageiros está 1% acima dos níveis prévios à recessão", enquanto o transporte aéreo de mercadorias está 6% superior ao número de dois anos atrás.

 

Precisamente, em maio, o trânsito de mercadorias chegou a 34,3% anualizado.

 

A oferta de assentos subiu em maio 4,8% comparado com idêntico mês do ano anterior, o que deixou o fator de carga – o percentual de ocupação dos voos com relação à capacidade disponível – em 76%, e em 78,7% levando em consideração o ajuste estacional.

 

Por regiões, o menor crescimento do tráfego aéreo de passageiros em maio foi registrado na Europa, com alta anualizada de 8,3 %, um cenário que provavelmente continuará devido ao endurecimento das políticas fiscais do continente.

 

América do Norte registrou em maio aumento de 10,9 %, e aparece como a região com maior fator de carga, graças a uma ocupação dos aviões de 82,4%.

 

O maior aumento correspondeu à América Latina, com alta de 23,6% anualizada, graças ao fortalecimento da economia no continente.

 

Ásia-Pacífico obteve elevação no trânsito de passageiros de 13,2%; África, 16,9%, e Oriente Médio, 17,5%.

 

Com estes dados, a Iata prevê que as companhias aéreas obtenham em 2010 um lucro de US$ 2,5 bilhões, após as perdas de US$ 9,9 bilhões registradas em 2009.


Foto: (EFE)

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais