Conecte-se a nós

Notícias

Terminal Rodoviário de Lages passará por reforma estrutural

Published

em

Fotos: Camila Paes

Já está aberto o edital para a revitalização da rodoviária Dom Honorato Piazera, em Lages. Uma emenda parlamentar do senador Dário Berger, de R$ 500 mil, garantiu a obra que está orçada em R$ 600 mil.

O restante do valor será pago com uma contrapartida da Prefeitura de Lages. A empresa que realizará a revitalização deve ser definida no próximo mês e a obra deve durar nove meses.

Para a agricultora Aline Amarante, moradora de Bocaina do Sul, a reforma da rodoviária é bastante esperada. Ela utiliza do serviço sempre que precisa vir à Lages para ir ao mercado, banco ou ir ao médico. Aline ressalta que sente falta de um banheiro bom e também de uma área de espera confortável, para ela e a filha Lariele.

A agricultora Aline utiliza da rodoviária quando precisar vir a Lages

Quem utiliza os serviços da rodoviária percebe que a necessidade de uma reforma é urgente. Um dos problemas que podem ser analisados é a quantidade de fezes de pombos, que se alojam na cobertura. Os banheiros também têm problemas estruturais, assim como os bancos onde os passageiros aguardam a chegada dos ônibus.

O secretário de Obras e Infraestrutura, Claiton Bortoluzzi explica que o projeto de revitalização foi realizado e entregue para a Caixa Econômica Federal, para que o recurso seja liberado. De acordo com ele, o projeto contém a reforma da cobertura da rodoviária, a troca de janelas e portas, dos banheiros, a construção de uma nova fachada, área de embarque e desembarque, revestimentos das paredes e pintura geral.

Até o momento, metade dos recursos foram liberados. O restante do valor será liberado no decorrer da obra.

Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais