Geral

Temporal atinge a Serra Catarinense, na tarde desta segunda

Published

em

Foto: Vinicius Prado

Atualização 20h08 (1º/10)

Um temporal passou rapidamente por Lages, na tarde desta segunda-feira (1º), por volta de 15h20. O vento destelhou algumas casas e estabelecimentos, mas ainda não há informações da gravidade do vento, que atingiu cerca de 60 quilômetros na região.

A Defesa Civil já havia emitido um alerta avisando sobre a possibilidade de tempestade, na Serra Catarinense, uma hora antes antes, quando o fenômeno chegava a Campo Belo do Sul. O risco de granizo pequeno era pequeno. A única região que aponta risco de forte tempestade é o Litoral Sul de Santa Catarina, por enquanto. Abaixo algumas fotos do Bairro Tributo, de Campo Belo do Sul e um vídeo gravado por um leitor, no Bairro Universitário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

BR-282

Próximo a localidade do Salto Caveiras, o Corpo de Bombeiros precisou ser acionado devido as fortes chuvas. A principal ocorrência, segundo a corporação, foi a queda de uma árvore na BR-282, que obstruiu a pista.

São Joaquim

Outro município da Serra que foi atingido fortemente pelo temporal foi São Joaquim. As rajadas de vento chegaram a atingir entre 60 a 70 quilômetros. Um dos bairros mais afetados foi o Bela Vista, onde uma casa foi destelhada e o telhado de zinco arremessado em direção a fiação elétrica, deixando o local sem energia.

A Escola de Educação Básica Manoel Cruz também foi atingida, com destelhamento e alguns vidros quebrados na parte da biblioteca. Na conta do Twitter da Estação Meteorológica Climaterra, o engenheiro agrônomo Ronaldo Coutinho acredita que tenha passado um pequeno tornado em São Joaquim, principalmente no Bela Vista, pois os moradores relataram ter visto o vento fazer um funil no ar e, também, por causa da intensidade dos ventos e gravidade dos estragos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Outras ocorrências

Além dessas ocorrências, os leitores do CL relataram na página do Facebook outros estragos pela cidade. Alguns destalhamentos no Bairro Várzea, a comunidade do São Paulo ficou sem energia elétrica, em função das rajadas de vento, a região do Bairro Guarujá também foi afetada, mais precisamente os condomínios habitacionais. Outro município que relatou problemas foi Otacílio Costa e Campo Belo do Sul, primeira cidade da Serra a ser afetada pelo temporal.

clique para comentar

Deixe uma resposta

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com