Conecte-se a nós

Notícias

Solidariedade aos Nordestinos

Published

em

Lages, 1º/07/2010, Correio Lageano

 


O Sesc de Lages está promovendo ação solidária em prol das vítimas das chuvas que destruíram parte de algumas cidades do Nordeste. Lageanos podem colaborar doando alimentos não perecíveis, materiais de higiene, limpeza, roupas de cama, mesa e banho. Para essa ação, foi destinada uma equipe para recolher as doações de pessoas que não podem ir até o Sesc.

 


A campanha nacional realizada no ano de 2008, para ajudar os atingidos pelas chuvas em Santa Catarina, distribuiu mais de 1,5 tonelada de gêneros de primeira necessidade. Agora é a vez de ajudar as famílias nordestinas que enfrentam o mesmo problema. Pensando nisso, é que o Sesc de Lages organizou novamente uma equipe para recolher donativos que possam suprir as necessidades básicas das famílias nordestinas que também perderam tudo.

 


Em Pernambuco, mais de 40 mil pessoas estão fora de suas casas em decorrência dos temporais, sendo que 24.552 estão desalojadas e 17.808 pessoas estão desabrigadas. Ao todo 54 cidades foram afetadas, sendo que nove decretaram estado de calamidade pública e outras 30 situação de emergência.

 


A ação não tem data para conclusão. A assistente Cleide Ronsoni explica que enquanto for necessário o Sesc continuará recolhendo donativos. As arrecadações serão encaminhadas a Florianópolis e depois distribuídas nos locais onde estão os atingidos.

 


De acordo com a assistente social, o material recolhido passa por uma triagem, pois está chegando muita roupa de inverno que não será usada devido às temperaturas mais elevadas. “As que permanecerem, serão doadas às entidades beneficentes de Lages, já que o inverno da Serra é intenso”, informou.

 


Nas escolas os alunos estão conscientes do problema, as crianças estão doando brinquedos em bom estado. “As crianças ao entregarem o brinquedo escrevem uma cartinha, para criar um elo com as crianças do Nordeste e deixá-los mais tranquilos e confiantes”, explica Cleide.

 


As roupas doadas, segundo orientação de Cleide, devem estar em bom estado de uso. “Os que receberem doações não terão como consertar as roupas, lá está faltando tudo e é necessário que as pessoas selecionem melhor, para que realmente possam ajudar”. explica.

 

Foto: Divulgação

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: