Conecte-se a nós

Notícias

Servidores da Saúde decidem manter paralisações nos hospitais de SC

Published

em

Foto:SindSaúde/SC/Divulgação

Os servidores públicos da Saúde de Santa Catarina decidiram não entrar em greve, em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (04). Porém serão mantidas as mobilizações para sensibilizar o governo para a pauta de reivindicações da categoria. Inclusive as datas das novas paralisações dentro dos hospitais estaduais, já estão definidas, informa o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde Estadual e Privada de Florianópolis e Região (SindSaúde/SC).

A primeira será na próxima terça-feira (10) das 07h às 9h. Segundo o sindicato, as paralisações começarão sempre às 7h e ganharão uma hora a mais de duração a cada rodada de negociação.

De acordo com o SindSaúde/SC, a categoria também definiu um prazo de 30 dias para que o governo do Estado dê uma resposta às reivindicações, entre elas, o reajuste salarial de 15,66%, um novo concurso público para contratação de profissionais e melhores condições de trabalho.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) aposta nas negociações da comissão paritária para resolver a questão. A primeira reunião deverá acontecer já na próxima terça, no mesmo dia em que está agendada a próxima paralisação.

De acordo com a diretora da subsede Lages do Sindsaúde/SC, Ivanise Balbinot Simon, os servidores vão paralisar no Hospital Tereza Ramos, em Lages, assim como nos demais hospitais do Estado, nos dias em que houver reuniões. Ivanise explica que sobre a comissão, o sindicato quer a presença de cinco representantes da categoria e cinco da SES, a pasta tinha proposto três de cada lado.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: