Conecte-se a nós

Notícias

Sargento Joel, da Polícia Militar, fala sobre o atropelamento

Published

em

O sargento da Polícia Militar, Joel Alves de Souza, de 48 anos, já está em casa. Depois de ser atropelado pelo Sandero prata, conduzido por Giovanni Oliveira Fornari, na última sexta-feira (1º), o policial teve três vértebras quebradas, dois coágulos de sangue no pulmão e diversas escoriações pelo corpo e na face.

Em vídeo, Joel deu seu depoimento sobre o acidente e relatou como foi o atropelamento. Segundo lembra, o carro bateu na traseira da moto, arremessando ele para cima do Sandero. O sargento nem participava da ocorrência. Ele seguia em direção a Rua Fausto de Souza, a caminho de outro serviço pela PM.

Populares ajudaram o policial a sair debaixo do veículo. Na hora, ele só conseguiu dizer às pessoas: “pelo amor de Deus, tire esse carro de cima de mim”. Joel foi encaminhado rapidamente ao Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, onde ficou até tarde de sábado (2).

À noite, Joel participou do culto na igreja Assembleia de Deus, próximo a Praça Joca Neves, onde agradeceu aos familiares e amigos pelo apoio. Em seu depoimento em vídeo, ele já havia agradecido bastante a oportunidade que Deus lhe deu. “Deus me deu mais uma oportunidade […] Em tudo eu dou graças a Deus, porque a bondade de Deus é grande e infinita. Me livrou da morte e me deu mais uma oportunidade de viver”.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: