Santa Catarina registra três mortes após temporais; previsão é de mais chuva – CL+
Conecte-se a nós

Notícias

Santa Catarina registra três mortes após temporais; previsão é de mais chuva

Published

on

Foto: CBMSC/Divulgação

Após apresentar o dobro do volume previsto de chuvas para o mês de janeiro nas últimas 48 horas, o estado de Santa Catarina continua em alerta para os danos causados e para possíveis novos temporais. Até o momento, três pessoas morreram em decorrência dos desastres e uma está desaparecida. A orientação da Defesa Civil do estado é que os cidadãos saiam de casa apenas em caso de necessidade, principalmente na região metropolitana de Florianópolis e demais cidades do litoral.

A expectativa de chuvas para o mês na capital catarinense, região mais crítica, era de 200 milímetros. Com o aumento dos temporais, em especial na noite desta quarta-feira (10), o volume pluviométrico de Florianópolis já atingiu os 400 mm.  Dois óbitos foram registrados na capital: o de um homem que fazia a limpeza de um bueiro durante a madrugada, que faleceu após cair e sofrer traumatismo craniano, e um cidadão que tentava atravessar uma enxurrada foi levado pelas águas.

Em Balneário Camboriú, um homem está desaparecido após ter sido sugado por um bueiro. Já ontem, no município de São João Batista, uma menina de 7 anos morreu após uma árvore cair na casa onde ela estava. A irmã dela, de 13 anos, ficou ferida, mas não corre risco de morrer.

Ao todo, 20 cidades de Santa Catarina estão em estado de alerta. Os últimos boletins emitidos pela Defesa Civil informam previsão de pancadas de chuva moderadas a fortes e condições de chuva persistente. A principal preocupação é com os deslizamentos de terra. Desde o início dos temporais, as autoridades têm alertado a população para que observem quaisquer danos em muros, árvores e encostas e procurem um abrigo. Na capital, dois locais foram disponibilizados para essa necessidade. Os Corpos de Bombeiros podem ser acionados no 193, e a Defesa Civil, pelo 199.

Devido aos transtornos estruturais, o trânsito de Florianópolis flui com dificuldades e a recomendação é que as pessoas tenham cuidado ao sair de casa. A previsão de chuvas, ainda que em um volume menor do que já houve, continua intensa até a noite de sexta-feira (12). Além dos municípios acima, estão em alerta para deslizamentos as cidades de Itapema, Governador Celso Ramos, Penha, São José, São Francisco do Sul, Antônio Carlos, Palhoça, Navegantes, Biguaçú, Itajaí, Santo Amaro da Imperatriz, Tijucas e Garopaba.

Comentários

Notícias

Falta de visibilidade leva a cancelamento de voo em Lages

Published

on

Aeroporto de Lages - Foto: Divulgação

Cerca de 50 pessoas, que haviam comprado passagem para viajar a São Paulo na segunda-feira (19), não puderam embarcar em Lages. O voo da empresa Azul Linhas Aéreas foi cancelado por falta de teto. Esse argumento é usado quando nuvens ou neblina reduzem a visibilidade a ponto de atrapalhar a operação. O avião finalmente decolou às 10 horas desta terça-feira (20).

Inicialmente, os voos entre Lages e Campinas, em São Paulo, decolavam às 15h30. Agora foram transferidos para às 19h30. Esse é o primeiro voo que foi cancelado, ao menos que se tem notícia, mas a situação pode ficar crítica com a chegada do outono e do inverno. Nos meses mais frios do ano, serrações e tempo fechado são comuns na Serra Catarinense. O cancelamento pode se tornar uma prática e não a exceção.

Geralmente as pessoas utilizam o transporte aéreo porque têm compromissos com hora marcada. Um voo cancelado pode prejudicar o trabalho de anos, que empresários e lideranças fizeram para trazer o serviço para Lages. Quem sabe, agora, o horário dos voos seja revisto.

 

Comentários
Continue Lendo

Notícias

Ainda há vagas de Mediotec em Lages

Published

on

Fernanda e Lucas estudam no Cedup Renato Ramos da Silva e têm a expectativa de concluir o curso já com uma colocação no mercado de trabalho - Foto: Camila Paes

Foi a possibilidade de sair do ensino médio já capacitado e direto no mercado de trabalho, que atraiu os jovens Lucas Fronza e Fernanda Muniz, 16, para o curso técnico de Biotecnologia no Centro de Educação Profissional (Cedup) Renato Ramos da Silva. É com esse ideal, que as turmas dos cursos MedioTec vem atraindo cada vez mais alunos. Em Lages, instituições oferecem opções gratuitas para os interessados.

Uma das opções é o curso de Informática no Cedup Renato Ramos. São 50 vagas para estudantes de 15 a 19 anos, que estejam cursando o segundo ano do ensino médio regular em instituições estaduais. Com a matrícula gratuita e sem mensalidades, o estudante ainda recebe um auxílio de R$ 2,50 por aula assistida, podendo chegar ao valor de R$ 300 mensais. As matrículas se iniciam amanhã e vão até sexta-feira. As aulas, que acontecem no período noturno, começam em março.

No Cedup Industrial, ainda há vagas remanescentes no curso de Eletrotécnica. Neste curso, o aluno frequenta o ensino médio na instituição e no contraturno, frequenta o curso técnico. Estão disponíveis 15 vagas e as matrículas só serão encerradas quando não sobrarem mais vagas. Entretanto, as aulas já começaram e quem tiver interesse, deve procurar a instituição o mais rápido possível.

No Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), não há mais vagas para este semestre. Entretanto, no meio do ano, será aberto o curso de Informática para Internet e Eletromecânica. Na instituição, as vagas são definidas por meio de sorteio e as inscrições são feitas pela internet. Todos os anos, o IFSC oferece os cursos MedioTec de Administração, Agroecologia, Análises Químicas, Informática para Internet, Mecatrônica, Biotecnologia e Eletromecânica. Também não há custos de mensalidade e a seleção é feita por sorteio.

No Cedup Renato Ramos são oferecidos os cursos de Administração e Análises Químicas e ainda poderá ser aberto o curso de Estradas, considerado pioneiro no País e inédito no Estado. Porém, a instituição aguarda decisão do Conselho de Educação do Estado, que irá deliberar essa semana sobre a possibilidade de abrir o curso. Thaís Agostini, coordenadora do MedioTec na entidade, ressalta que, assim que obtiverem uma resposta e for positiva, já iniciarão com as matrículas.

São oferecidas 80 mil vagas em todo o Brasil

Um dos principais programas da educação brasileira, o MedioTec 2018 promete ser um dos mais concorridos e com disponibilidade de vagas. O grande intuito do programa é incentivar o ensino profissional. Isso é feito através do ensino integrado e de cursos específicos. Anualmente, milhares de brasileiros são capacitados pelo MédioTec.

A intenção do Governo é criar uma categoria média, entre o ensino médio e a graduação, fazendo com que estudantes possam sair do ensino médio já com boas possibilidades profissionais. Se o ensino médio serve de base geral para o avanço nos estudos, o ensino técnico é muito mais prático e específico nas áreas de atuação.

Profissionais com ensino técnico apresentam ampla possibilidade no mercado de trabalho, tendo em vista que já saem com conhecimentos específicos e práticos, ou seja, aptos para a transição e entrada no mercado de trabalho.

São diferentes categorias de cursos, sendo que a maioria tem duração de 3 anos, em turno inverso ao do ensino médio, fazendo com que o estudante passe o turno matutino e vespertino estudando. Ao final dos três anos, são duas as formações. Os cursos não precisam ser realizados na mesma instituição, no entanto, é necessário que o candidato esteja matriculado no ensino médio.

 

Comentários
Continue Lendo

Notícias

Clientes reclamam pela demora no atendimento na Caixa Econômica

Published

on

Por

Foto: Divulgação

Os clientes da Caixa Econômica Federal estavam insatisfeitos com a demora no atendimento da agência do Centro, nesta terça-feira (20). Em alguns casos, o atendimento levava, em média, cerca de 40 minutos.

A maior reclamação desses clientes é a falta de profissionais para atender na hora do almoço. Mas o gerente geral da agência, Tommy Pretto da Silva, explica que se monitora o tempo de espera e se remaneja os funcionários para que agilizem os serviços, principalmente em horário de pico.

Dentre os serviços com mais espera estavam o Para Você e o Atendimento Expresso, dos quais o primeiro demorava em média 40 minutos. Quanto ao Expresso, a gerência não soube explicar o motivo da demora, mas iria averiguar.

Quando o Correio Lageano relatou sobre o caso, informou que acabara de colocar mais um profissional para atender, totalizando quatro atendentes, no início da tarde desta terça.

De acordo com o coordenador do Procon, em Lages, Julio Borba, a lei 4.085/2015 que preconiza o atendimento de no máximo 15 minutos vale somente para o caixa. “Se algum consumidor demora mais que o permitido na fila do caixa, pode efetuar a reclamação junto ao Procon”, explica.

Contudo, em relação aos outros atendimentos, a organização e tempo de espera depende de cada agência e instituição financeira.

Além da demora, algumas pessoas de idade relataram não receber senha prioritária. Tommy explicou que ao retirar a senha, na entrada da agência, sempre é questionado a idade e a necessidade de senha especial, mas que também o cliente reforce que precisa de atendimento prioritário, para não acontecer situações como essa.

 

Comentários
Continue Lendo

Notícias

Morador solicita a recuperação do acesso ao Bairro Vista Alegre

Published

on

Foto: Andressa Ramos

Bruno Nogueira, tem 24 anos, e mora há alguns anos com a esposa no Bairro Vista Alegre, em Lages. Neste tempo, enfrenta dificuldades para subir ou descer a única rua que passa pelo bairro. A Rua Sizenando da Silva é de chão batido, nos dias de chuva se torna quase impossível caminhar por ela, ainda mais subir com um carro. Para os moradores o maior desafio é que os ônibus passam somente na BR-282 e, por isso, para pegar a condução, eles são obrigados a passar por este percurso.

O secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, explica que essa rua é isolada e fica no limite entre área urbana e rural. “Esta rua estava dependendo de material adequado para cascalhamento por ser muito acidentada. Não é uma simples manutenção com brita ou patrolamento. Terá que ter uma base de cascalho para suportar. Está na programação de melhoria para as próximas semanas”.

Comentários
Continue Lendo

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©